Missão Social: famílias recebem doações pela conta digital do Social Bank

Famílias de 12 instituições parceiras estão recebendo 'Cestas Sociais Digitais'.

Duzentas e doze famílias já foram beneficiadas com uma ‘Cesta Social Digital’, por meio da campanha ‘Doe Solidariedade, é momento de ser humano’, nos últimos três meses. No entanto centenas de outras estão cadastradas e aguardam para serem atendidas, o que depende da mobilização de empresas e pessoas físicas para contribuírem com doações em prol de quem passa por necessidades. Durante três meses cada família beneficiada recebe mensalmente, por meio da conta digital Social Bank, o valor correspondente a R$100,00, o que equivale a duas cestas sociais digitais, já que cada uma vale R$50,00. Estes recursos são utilizados, em sua maioria, nos comércios dos bairros o que também fortalece os pequenos empreendedores.
Esta campanha, criada pela a Missão Social, instituição mantida pelo Social Bank, segue os ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU’, tendo como objetivo garantir que famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica sejam beneficiadas com um crédito mensal para comprar alimentos e outros itens de primeira necessidade. Além de auxiliar as famílias com a aquisição dos produtos, a ação fomenta o comércio local já que as transações são realizadas em estabelecimentos próximos aos beneficiados. Outra vantagem é que todo o processo utiliza uma plataforma digital, o que vem de encontro a este momento de cuidados intensificados por conta das recomendações dos órgãos de saúde.
A seleção das famílias é feita por meio de 12 instituições parceiras que já atuam com famílias em situação de vulnerabilidade social, como ONGs, projetos sociais e associações. Uma delas é o Instituto Ipê Social, que trabalha com crianças e adolescentes, oferecendo acompanhamento escolar e psicológico, curso de inglês e marcenaria, possibilidade de bolsa integral na faculdade, e com foco na educação voltada para sustentabilidade. Um dos fundadores do instituto, Antônio Pedro Costa Neto, explica as dificuldades vividas neste momento. “Com a pandemia tivemos que parar nossas atividades. Além disso, algumas empresas que realizavam doações para o Instituto, pararam por causa da crise, e vimos as famílias de várias crianças precisando de ajuda. Não consigo nem traduzir como essas doações estão fazendo a diferença. Além dos jovens, apoiamos também uma cooperativa de catadores de reciclados que vivem dos resíduos separados. Como as atividades deles também foram suspendidas, eles não tinham absolutamente nenhuma renda”, conta o fundador.
Outra entidade parceira é a Estação Vida, que atua desde 2004 no bairro Shopping Park, atendendo a mais de 150  crianças e adolescentes em situação de risco social. A assessora da instituição, Gabrielly Nóbrega, diz que as doações chegaram em boa hora. “Nós, equipe da ONG Estação Vida agradecemos de coração pela iniciativa da empresa Social Bank em realizar a campanha Missão Social, que ajudou imensamente as famílias dos nossos alunos, ainda mais afetadas pelos impactos do isolamento social. O benefício disponibilizado pela campanha foi de suma importância, pois somou e nos ajuda a atender essas famílias, para que possam a cada mês ter a segurança do direito à alimentação, nesses tempos difíceis. Por fim, destacamos o carinho pela incrível criatividade da campanha em ofertar cestas em formato digital aos beneficiados, proporcionando assim que os mesmos possam adquirir os itens que normalmente não compõe cestas básica físicas, como carne, verduras, gás etc.”, contou. 
Para o diretor de Propósito e Pessoas do Social Bank, Alonso Neto, é gratificante contribuir com estas entidades e famílias, mas a procura está crescente sendo necessário uma maior mobilização da sociedade, de forma colaborativa. “É satisfatório ver os números arrecadados e saber que eles estão fazendo a diferença na vida de muitas famílias, principalmente neste momento em que estão sofrendo com as consequências do isolamento social, uma medida necessária para evitar o contágio do coronavírus. Por meio de nossa Missão Social, estamos constantemente desenvolvendo ações de impacto junto a protagonistas sociais parceiros. Entendemos que temos o dever de contribuir para o desenvolvimento econômico e social das comunidades que estamos envolvidos. Esperamos alcançar nossa meta e conseguir ajudar a mais famílias”, destaca o diretor, ao lembrar também da importância da plataforma disponibilizada neste momento. “Utilizamos o ecossistema financeiro Social Bank neste processo, possibilitando que tanto as doações da comunidade, como a entrega dos valores às famílias, sejam feitos por meio digital. Assim agimos de acordo com as medidas e orientações da prevenção à pandemia, e também transferimos conhecimento às pessoas sobre a utilização destas soluções, que já eram uma tendência e neste momento crescem cada vez mais, possibilitando novas experiências e vivências práticas”, conclui.   

Como participar com doações
Qualquer pessoa ou empresa pode contribuir com esta iniciativa, fazendo uma doação financeira pelos três meios disponíveis:
·   Clientes dos serviços do ecossistema financeiro Social Bank, podem contribuir diretamente pela conta digital. No aplicativo Social Bank, para contas de pessoa física, ou no Internet Banking para contas corporativas, acesse: transferir, selecione Missão Social e envie quantas Cestas Digitais desejar.
·   Pessoas e empresas que não tem conta no Social Bank, podem transferir para a conta corrente da Missão Social:
Banco: Itaú (341)
Agência: 8217
C/C: 22254-9
Missão Social Bank
CNPJ: 29.792.448/0001-77
·   Também é possível doar por meio de cartão de crédito pelo site https://missao.social
A Missão Social é um núcleo de impacto social que atua por meio de uma rede de líderes da comunidade e organizações, apoiando iniciativas alinhadas ao propósito de um mundo mais justo e humano. Atuando há dois anos, a Missão Social fomenta e dá visibilidade a iniciativas de promoção da sociedade. 
Acesse a página da campanha e acompanhe o projeto: https://missao.social