Cronograma capilar: saiba como funciona a técnica de cuidado com os cabelos


Manter os cabelos bonitos e saudáveis exige uma importante rotina de cuidados. O cronograma capilar é uma opção de tratamento para quem precisa solucionar os danos aos fios que podem ser causados por fatores como estresse e uso de procedimentos químicos.

O cronograma capilar pode ser realizado em todos os tipos de cabelo, contando inicialmente com uma análise dos fios, que diagnostica as carências e necessidades de cada cabelo. O procedimento deve ser realizado por um profissional especializado que utiliza técnicas e aparelhos específicos para um resultado minucioso. “A partir desse resultado, o cronograma capilar será programado para as deficiências e tratamentos que o cabelo precisa, com procedimentos que podem conter hidratação, nutrição e restauração dos fios. Por isso, é importante procurar a ajuda de um profissional que pode te orientar como escolher os melhores produtos e tratamentos. Os cabelos cacheados e com química acabam sendo os mais comuns quando falamos sobre a procura por esse procedimento, mas a técnica pode ser realizada por todos os tipos que necessitem de cuidado”, comenta a colorista e tricoterapeuta da Casa Linda Flor, Erika Rodrigues.

A hidratação é realizada para quem necessita repor os nutrientes perdidos pelos fios durante uma rotina que, muitas vezes, não permite os cuidados diários com as madeixas, que podem se tornar mais fracas e opacas. “Para os fios mais danificados, é necessário realizar uma hidratação mais intensa no salão, reforçando em casa. O procedimento evita e previne a quebra e a queda dos fios”, explica Érika. Já a nutrição tem como foco repor os lipídios dos fios, que são responsáveis por dar brilho e maciez aos cabelos. “É neste momento que focamos na redução dos frizz e em dar mais movimento para os fios. A umectação, que é realizada com óleos vegetais, é um dos pontos fortes para a hidratação, repondo a oleosidade natural dos fios”, explica.

O procedimento consiste em restaurar a fibra capilar, tornando o fio mais resistente. “É a etapa mais forte do cronograma e deve ser realizada em fios que realmente estejam bastante danificados. É nesta fase que usamos produtos para fortalecer o cabelo, como a queratina e a arginina. É recomendado ser realizada uma vez por mês, ou no máximo de 15 em 15 dias, dependendo das necessidades do cabelo”, finaliza Érika.


Comentários