quarta-feira, 22 de abril de 2020

Entidades apresentam proposta de reabertura da economia ao prefeito de Uberlândia

As entidades empresariais, abaixo assinadas, entregaram na sexta-feira (17) ao prefeito Odelmo Leão um documento com uma proposta de reabertura gradual de todas as atividades econômicas a partir da finalização do decreto municipal, número 18.553 de 18 de março, que expira na próxima terça-feira (21). A elaboração das etapas, assim como os critérios de segurança para colaboradores e toda sociedade, foram discutidas primeiramente com a Câmara Municipal de Uberlândia, e na sequência com o Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, antes da entrega ao prefeito Odelmo Leão, a quem caberá uma definição.
Na proposta, as entidades reivindicam a liberação de todas as atividades econômicas ainda suspensas, por etapas, seguindo critérios claros de cuidados sanitários a fim de continuar priorizando o combate ao avanço da Covid19, e ao mesmo tempo atuando na preservação de milhares de postos de trabalho que hoje estão ameaçados pela paralisia da economia.
As entidades sugeriram no documento que sejam utilizados critérios técnicos e lógicos para a liberação da reabertura das demais atividades econômicas, uma vez que algumas já estão autorizadas. Dentre estes critérios, inspirados em um modelo adotado pela Prefeitura de Campo Grande (MT), está a criação de um ranqueamento em função de parâmetros como: se o estabelecimento tem condições de ofertar o trabalho em home office, se pode operar sem o atendimento direto ao público, se consegue garantir um distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas (clientes e colaboradores), se possui compartilhamento de objetos, dormitórios e alimentos, dentre outros. Cada uma destas questões seria pontuada, criando um indicador lógico e técnico para definir as prioridades de reabertura em etapas. A ideia é evitar decisões aleatórias, mas sim em cima de critérios claros.
Além disso, todas empresas terão que atender a normas e critérios sanitários de segurança, como já estabelecidos para reaberturas autorizadas, e de acordo com definições conjuntas com o Ministério Público.
O presidente da Aciub, Paulo Romes Junqueira, destacou, em nome de todas as entidades, o objetivo desta proposta. “Representantes das entidades se reuniram com objetivo de debater e elaborar esta proposta para a retomada da economia, antes que os impactos gerem problemas insustentáveis, já que identificamos um grande número de empresas sendo fechadas e milhares de demissões neste mês de abril. Após esta reunião as propostas foram debatidas com vereadores na Câmara Municipal de Uberlândia, e na sequência levamos também aos promotores do Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, para possíveis ajustes. Após ouvir estas partes então, hoje apresentamos ao prefeito Odelmo Leão, a quem cabem as decisões finais, juntamente com o Comitê Estratégico de Enfrentamento à Covid-19. Esperamos um retorno positivo sobre nossas propostas para que tenhamos um cuidado com a saúde de maneira mais ampla, prevenindo a pandemia e também seus efeitos econômicos que podem ser desastrosos para toda sociedade”, destacou.
Assinaram o documento entregue as seguintes entidades:
- ABRAMPE - Associação Brasileira das Micro e Pequenas Empresas
- ABRASEL - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes
- ACIUB - Associação Comercial e Industrial de Uberlândia
- CDL - Câmara dos Dirigentes Lojistas de Uberlândia
- COOPERAF - Cooperativa dos Agricultores Familiares de Uberlândia e Região
- FIEMG - Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - Regional Vale do Paranaíba
- OAB - Ordem dos Advogados do Brasil - 13º Subseção
- Sindicato dos Feirantes de Uberlândia
- Sindicato Rural de Uberlândia
- SINDICOMERCIO - Sindicato do Comércio de Uberlândia
- SINDTUR - Sindicato Intermunicipal do Turismo
- UNEDI - União das Empresas dos Distritos Industriais de Uberlândia
- VISITE UBERLÂNDIA

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Entidades apresentam proposta de reabertura da economia ao prefeito de Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial