segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Volta às aulas: hora de observar a visão das crianças


20% das crianças possui algum tipo de problema na visão, que necessita o uso de óculos, de acordo com a Academia Americana de Oftalmologia. As complicações mais comuns nos pequenos são: miopia, hipermetropia, astigmatismo ou estrabismo e elas podem ser diagnosticadas a partir de pequenas atitudes observadas pelos pais.
O oftalmologista Dr. André Luiz Rangel explica que o sentido da visão se desenvolve até os 6 ou 7 anos de idade, e que depois que passa desse período é muito mais difícil corrigir essas complicações. “O problema de a criança não usar o óculos é que a parte do nosso cérebro responsável pelo olho pode não se desenvolver por falta de estímulo”, explica o médico.
Ele explica que quando as crianças começam a ir para a escola, alguns fatores devem ser observados e podem estar relacionados com problemas na visão. “Muitas vezes, o motivo de a criança não estar prestando atenção na aula ou não se concentrar é porque não está enxergando direito. Da mesma forma, uma criança hiperativa pode ser muito agitada porque precisa fazer um esforço grande para enxergar e, como um mecanismo de defesa, acaba procurando outra coisa para fazer”, relata o oftalmologista.
Outro fator que pode ser observado nas crianças é o uso excessivo de aparelhos eletrônicos como tablets e smartphones. No entanto, o Dr. André Luiz Rangel esclarece que não é possível comprovar que essa luz artificial cause algum dano à visão. “O que se pode afirmar é que o excesso da luz solar faz mal, e a falta dela também. É aconselhável que a criança fique uma hora no sol por dia para que haja um balanceamento entre a luz solar e a luz artificial”, alerta o especialista.
O oftalmologista Dr. André Luiz Rangel reforça a importância de as crianças fazerem exames oftalmológicos e de os pais estarem atentos a possíveis queixas. “Isso pode afetar o desenvolvimento da criança, não só na questão do aprendizado, mas também a qualidade de vida do pequeno”,  finaliza o médico.


Compartilhar

Postagens Relacionadas

Volta às aulas: hora de observar a visão das crianças
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial