Unimed Uberlândia lança programa de Integridade


Cooperativa lançou o programa durante o Seminário CITE - Compliance, Integridade, Transparência e Ética.

No dia 13 de fevereiro a Unimed Uberlândia, em parceria com a Cooperativa de Crédito Unicred Aliança, realizou o Seminário CITE – Compliance, Integridade, Transparência e Ética. O evento, destinado a cooperados, clientes, colaboradores e prestadores de serviços das empresas, contou com palestras do procurador da República Deltan Martinazzo Dallagnol e do presidente da Central Nacional Unimed, Dr. Alexandre Augusto Ruschi Filho. O seminário buscou discutir assuntos relacionados a integridade, transparência, ética e Compliance, termo adotado para representar o estado de conformidade com leis e regulamentos internos e externos dentro de uma instituição.
Para o procurador da República, Deltan Dallagnol, a busca pela integridade, tanto na vida pública quando privada, precisa ser incentivada para que as mudanças que todos buscam sejam de fato consumadas. “Na vida privada nós precisamos, como cidadãos, atuar de modo íntegro, dizer não à corrupção, mas nós precisamos saber incentivar as organizações para que se crie um ambiente favorável à integridade. Nesse sentido nós temos hoje o lançamento na Unimed, aqui em Uberlândia, de um código de conduta, um canal de denúncias, que são expressões do compromisso assumido pela empresa em promover a integridade do cliente, que é algo que precisamos que exista em todas as organizações. Nós precisamos exercer uma participação na vida pública, através da cidadania, promovendo mudanças, mas, também, precisamos cultivar a integridade nos ambientes privados”, afirmou o procurador. 
Além da palestra, o evento contou com o lançamento do Programa de Integridade da Unimed Uberlândia, que tem como objetivo promover um ambiente íntegro, por meio de ações preventivas, além de detectar e sanar desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos que porventura ocorram em ambientes onde a Cooperativa se relaciona.
Trata-se de um programa específico de Compliance que consiste em um conjunto de mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria e incentivo à denúncia de irregularidades e na aplicação efetiva de códigos de conduta, políticas e diretrizes. O Programa de Compliance prevê mecanismos, tais como: Código de Conduta, Canal de Denúncias, Políticas Corporativas, Comunicação, Treinamentos, Auditoria, Controles Internos e Medidas Disciplinares em casos de incidentes.
Segundo o presidente da Central Nacional Unimed, Dr. Alexandre Augusto Ruschi Filho, além de cumprir com termos legais, o programa tem uma iniciativa social muito importante.  “O programa de Compliance é uma iniciativa fundamental para que possamos dialogar com nosso público com ética, responsabilidade e transparência. Dentro de princípios estruturados e legais, pode-se compor um conjunto de iniciativas que visam dar mais segurança e estabilidade, além de fazer o que a democracia mais faz, que é compartilhar, fazer com que todos tenham oportunidade para conseguir alcançar os objetivos”.
Programa de Compliance da Unimed Uberlândia está estruturado em três pilares: Prevenir, Diagnosticar e Tratar. Com essas medidas a empresa pretende mitigar a ocorrência de desvios de conduta, atos ilegais ou desalinhados com políticas internas e, com isso, proteger a cooperativa.
“O programa não é só uma obrigação legal para as entidades financeiras, para as entidades operadoras de planos de saúde, mas, especialmente uma ação de cidadania no sentido de compor o conjunto de iniciativas que visa dar estabilidade para todos”, afirma Ruschi Filho.
Para o presidente da Unimed Uberlândia, Dr. Sávio de Morais, dentro de um modelo governança coorporativa, é muito importante o desenvolvimento de uma área de Compliance, que cuide da conformidade da comodidade, confiança e ética. “Hoje nós estamos lançando nosso programa de integridade e nele vamos apresentar, principalmente, nosso código de conduta e nosso canal de denúncia que estão disponíveis a toda sociedade.  O associado e o cooperado só têm a ganhar com a evolução pela qual estamos passando, e acredito que seja um ganho inestimável para nossos negócios e nossas relações com os clientes, cooperados e parceiros” afirma Morais.
De acordo com o presidente da Unicred Aliança, Dr. Luiz Mauro Coelho Nascimento, os esforços para promover Compliance, Integridade, Transparência e Ética dentro de organizações cooperativas é imprescindível para todos.  “É de extrema importância unir duas cooperativas, uma de crédito e outra de trabalho, para falar de Compliance, para falar de conformidade, para falar de equidade e transparência nos nossos negócios.  Isso é fundamental para que possamos disseminar e difundir esses conceitos, para que as pessoas possam entender como essas empresas trabalham e, acima de tudo, como o cooperativismo funciona, com equidade e transparência”, finaliza Luiz Mauro.

Comentários