Escolha do tênis adequado influencia mas não é parte mais fundamental na saúde e performance do atleta

Seja o corredor de fim de semana ou o praticante assíduo do esporte, todos têm algo em comum: as reclamações de dores nos pés, tornozelos ou joelhos.

O calçado influencia a execução de atividades de muitas maneiras, podendo causar dores e lesões nos pés se não for adequado para atividades físicas e possuir a proteção necessária para os pés. Por exemplo, o tênis pode ser duro demais e não proporcionar a maciez necessária para o impacto ou ser muito macio e exigir da musculatura um desgaste maior para se movimentar. Mas, na maioria das vezes, as dores e lesões são causadas por erro (excesso) de treino ou problemas biomecânicos (com pisada errada).
“Com o verão, as pessoas decidem adotar hábitos saudáveis em sua rotina, e a corrida é um deles. O clima propicia muito um ambiente agradável para correr em qualquer horário, e isso faz com que as pessoas aumentem muito o quanto correm, e deixem a esteira de lado para correr nas ruas, porém correr na rua implica em duas questões importantes que devem ser avaliadas: o terreno e a pisada.”, declara Mateus Martinez, Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor. 
Inicialmente, é necessário ter em mente um planejamento da corrida em questão junto de uma avaliação precisa da pisada do corredor e o tipo de terreno em que ele irá praticar o esporte, pois cada um desses fatores é importante.
Atualmente sabe-se que melhor que a escolha dos calçados é a escolha das palmilhas confeccionadas, que podem ser totalmente personalizadas após testes realizados por especialistas, como na Pés Sem Dor, onde as palmilhas são produzidas uma a uma por impressoras 3D, após uma avaliação biomecânica e da pisada.
“Essa avaliação faz com que confeccionemos palmilhas feitas de acordo com a necessidade do esportista, aqui tudo feito sob medida, respeitando até mesmo as diferenças entre o pé direito e o esquerdo. Além de otimizar a performance, torna a prática do esporte mais agradável, sem dores ou lesões”, explica Martinez.
Por isso é importante uma análise completa do pé da pessoa, que vai desde a pisada até o terreno e a carga de treino, a fim de identificar a real necessidade do esportista, de acordo com seus objetivos dentro do mundo da corrida.

Comentários