terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Será que é possível melhorar a produtividade através da alimentação?



A nutricionista Alessandra Barreto e Danyella Feer.

Já sabemos que sim! A alimentação balanceada pode influenciar diretamente na produtividade.
Segundo a nutricionista Alessandra Barreto, a má alimentação é um  potencializador do estresse e da ansiedade. Em meio a agitação da rotina, a maioria das pessoas acaba por optar pela praticidade e não pela qualidade do que está ingerindo. A alimentação interfere diretamente na saúde, não só na produtividade e disposição para o trabalho. De acordo com a nutricionista, a combinação de determinados alimentos pode aliviar os sintomas gerados pelos altos níveis de estresse e ansiedade.
A sinergia dos alimentos potencializa as propriedades funcionais de cada grupo. Entre as boas combinações, Alessandra destaca alguns alimentos que são ainda melhores quando consumidos juntos.

Acerola e Melão 
Acerola é a fruta mais anti-inflamatória existente no Brasil. Quando juntamos essa fruta ao melão, temos o efeito anti-inflamatório prolongado, graças a glutationa. (Recomendação: Consumir as frutas de duas a três vezes na semana.)

Banana e Castanhas 
A banana é prática, gostosa e tem preço acessível. Ela é muito importante para a saúde, além de ser grande geradora de energia. A melhor opção é consumi-la com castanhas, que agrega  poder anti-inflamatório derivado da concentração de ômega 3. (Recomendação: 1 banana + 3 castanhas).

Beterraba e frutas cítricas 
A beterraba tem grandes quantidades de ferro, o chamado "ferro não heme", ou seja, um ferro não ativado. Por isso, quando consumimos junto com a vitamina C, ativamos o ferro e garantimos uma maior absorção. (Recomendação: Para cada 50g de beterraba, 10g de suco de laranja ou limão.)

Cacau e frutas vermelhas 
Quando unimos os antioxidantes do cacau com o ácido elágico das frutas vermelhas (morango, amora, framboesa), temos uma combinação ótima para mulheres com TPM, melhorando a disposição e o humor no trabalho. (Recomendação: 100g de morango + 20g de chocolate 70% cacau.) 

Cúrcuma e Pimenta do Reino
A curcumina presente na cúrcuma (açafrão da terra) é um dos anti-inflamatórios naturais mais poderosos que existem. Mas infelizmente o nosso corpo não absorve bem. E para isso precisa da piperina, encontrada na pimenta do reino. (Recomendação: 1 colher de chá por dia de cúrcuma para efeitos medicinais dessa raiz.) 

Linhaça e semente de abóbora 
A linhaça consumida junto com a semente de abóbora cria um equilíbrio entre progesterona e estrogênio para melhorar o humor e disposição. (Recomendação: 1 Colher de sopa de cada.)

Chocolate 70% cacau e Café
O chocolate amargo é fonte de magnésio, cafeína, ferro e flavonóides (antioxidantes). O cacau contribui para a diminuição do hormônio do estresse (cortisol) e aumenta a comunicação dos neurônios, permitindo mais foco e concentração. (Recomendação: Consumir até 10 gr por dia.)
O café ativa áreas do cérebro ligadas à sensação de recompensa e prazer, melhora o humor, o foco, a concentração e até o desempenho profissional. A cafeína estimula o sistema nervoso central, nos deixando mais alertas. (Recomendação: Tomar de três a quatro xícaras por dia, no máximo, se possível distribuídas até o fim da tarde, já que para algumas pessoas a cafeína interfere na qualidade do sono).



Compartilhar

Postagens Relacionadas

Será que é possível melhorar a produtividade através da alimentação?
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial