sábado, 4 de janeiro de 2020

Cinco dicas para atrair compradores para o seu imóvel

Especialista da EmCasa reuniu melhores práticas para garantir negócios mais assertivos em 2020.
As vendas de imóveis no último trimestre do ano apresentaram um aumento de 16% em relação ao mesmo período de 2018, segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Apesar da evolução no desempenho, muitos proprietários encontram dificuldade em realizar uma venda assertiva, seja por desconhecimento de ferramentas mais atualizadas de divulgação, estado de conservação do imóvel, documentação, entre outros desafios. “Só a precificação pode chegar a uma variação de até 40% no valor de um imóvel numa mesma localização. Esse fator pode atrasar em até 16 meses o período de venda”, comentou Lucas Cardozo, CIO e um dos fundadores da proptech de venda e compra de imóveis, EmCasa. Pensando nessa dor de quem vende um imóvel, o especialista separou algumas dicas para proprietários atrairem mais compradores e fecharem negócio o quanto antes em 2020:

1 - Anunciar por um preço adequado: Geralmente, o tempo de venda de um imóvel representa um grande prejuízo para o proprietário, que é obrigado a arcar com custos de condomínio, impostos, entre outras despesas enquanto não concretiza a venda. “Muitos vendedores, sem sucesso na suas ofertas, inclusive, chegam a desistir”, completou Cardozo. Um preço justo e adequado à realidade do mercado é decisivo para garantir a uma venda mais ágil. Para auxiliar na avaliação imobiliária, a EmCasa disponibiliza um precificador gratuito em 22 cidades. A ferramenta funciona com tecnologia de machine learning e utiliza dados públicos disponíveis como sites de vendas, imobiliárias e anúncios e que são casados com latitude e longitude, chegando a uma assertividade de 90%. Para fazer uma avaliação basta acessar aqui.

2 - Divulgação de boas imagens: Fotografias boas e que mostrem a realidade do imóvel são essenciais para atrair mais compradores. Utilizar uma plataforma de vendas que faça uso de um Tour virtual também é bastante interessante. Além de oferecer mais detalhes, esse serviço agiliza o  tempo de busca do comprador, evitando que faça visitas desnecessárias nos imóveis que tiver interesse. 

3 - Informações corretas e detalhadas: Principalmente quando se anuncia na internet a ideia é que o imóvel esteja disponível por um alcance maior de pessoas. No entanto, não adianta nada essa exposição se não estiver seguida de informações corretas e completas. Quanto mais dados conseguir colocar, maior a chance de encontrar um comprador que busque uma opção com as mesmas características. 

4 - Regularização do imóvel e documentação: Essencial para garantir uma venda e segura, esse “detalhe” que costuma ser deixado para o fim das transações e costuma ser um dos empecilhos mais comuns para conclusão das vendas. “Se o imóvel tem uma condição jurídica grave como, por exemplo, cessão de direitos e o proprietário não estiver disposto a fazer o processo de regularização dos documentos, a maior parte dos compradores não vai querer comprar com medo de problemas de documentação futura”, comentou Cardozo. É importante ter toda papelada atualizada e regularizada antes de anunciar qualquer propriedade. 

5 - Home staging: Uma outra dica que pode ajudar a vender o seu imóvel é usar a ferramenta de home staging – ou seja, reformar/ pintar/decorar o apartamento de forma que ele esteja ‘pronto para morar’. Apesar de muitos compradores procurarem imóveis para investir e reformar para deixar do seu jeito, alguns não possuem esse tempo pois estão em situações de urgência como é o caso de pessoas que venderam o imóvel atual e precisam desocupa-lo em 45 dias, ou pessoas com um filho a caminho que precisam de um espaço maior. Ai pode estar uma boa oportunidade para fechar um negócio com mais agilidade.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Cinco dicas para atrair compradores para o seu imóvel
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial