segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Coletiva de Gabriela Dionisio e Beth Shimaru pode ser vista na ITV Cultural


Quando a estudante de artes visuais, Gabriela Dionisio, foi em uma coletiva no Mercado Municipal, em 2018, ficou atraída pelas obras de outra artista, Beth Shimaru. Mal sabia Gabriela, que Beth frequentava o mesmo curso dela na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e ambas viriam, pouco tempo depois, a se encontrar na  sala de aula em algumas disciplinas. Hoje, prestes a se formar, as duas também dividem a galeria ITV Cultural, com a exposição “Afetos do Corpo”, aberta à visitação até o dia 14 de janeiro, com entrada franca. 
Nesta exposição, Beth Shimaru e Gabriela Dionísio apresentam um recorte das pesquisas poéticas de conclusão de curso sobre o corpo e seus afetos. Segundo o orientador delas, o professor universitário Rodrigo Freitas, cada uma investiga, a seu modo, o corpo como elemento de representação social e atuação simbólica. “As pinturas de Gabriela expõem as dualidades de um corpo não binário, no qual confluem masculino e feminino, prazer e dor, morte e vida. Já , nos apresenta um pouco da sua coleção de afetos por meio do desenho e da aquarela”, disse o pesquisador.
 Como suporte do trabalho, Beth utilizou pastas de arquivo, onde ela pintou situações do cotidiano, como filtros de barros, triciclo, álbuns de família e animais do seu convívio. A ideia surgiu, quando ela encontrou pastas usadas jogadas no lixo do campus Santa Mônica da UFU, em uma prova clara dos tempos modernos, em que tudo é digitalizado. Na delicadeza dos traços, feitos com pigmentos dissolvidos em água, o que caracteriza a aquarela, e em pastel, a artista literalmente guarda as relações de afeto, como forma também de tocar as memórias do espectador. “As pastas vão agregando um significado, porque eu gosto de guardar as coisas”,  disse a artista natural da vizinha Uberaba.
 Já Gabriela Dionísio, vinda de Guarulhos (SP), levou para a ITV Cultural três telas em acrílico, sendo uma em dupla, com imagens de corpos andrógenos. No trio de trabalhos, ela propositalmente usou pouca tinta, na tentativa de mostrar como se deu cada pincelada. “Trabalhar com o corpo é bem recorrente nas minhas obras, principalmente o corpo masculino. Mas não aquele corpo padrão, com as expectativas que temos sobre a masculinidade. São corpos com uma essência feminina, com fragilidade e sensibilidade muito grandes. Já nas mulheres, coloco pêlos, porque geralmente é algo que a mulher ‘não pode’ ter”, disse Dionisio.  
“Afetos do Corpo” faz parte das atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino (Nuppe) do Instituto de Arte da UFU, coordenado pela professora Aninha Duarte. O grupo de estudo mantem continuamente trabalhos em exposição na galeria da ITV Urbanismo.

Serviço: A exposição “Afetos do Corpo” fica aberta à visitação até o dia 14 de janeiro, na ITV Cultural. As obras de Beth Shimaru e Gabriela Dionisio podem ser vistas de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na avenida Getúlio Vargas, 869, Centro. A entrada é gratuita. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Coletiva de Gabriela Dionisio e Beth Shimaru pode ser vista na ITV Cultural
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial