terça-feira, 26 de novembro de 2019

Você está protegido contra meningite?


Em 2018, o Ministério da Saúde contabilizou 15.706 casos de meningite no Brasil. A doença, que é controlada no país, tem sido mais recorrente nos últimos anos, devido à falta de adesão da vacina por parte da população. A meningite é a inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, que pode ser causada por vírus, bactéria ou fungos.
A infectologista Dr.ª Simone Martins Ferreira explica que o risco de contrair meningite é maior entre crianças de um a cinco anos e que no Brasil, são registrados surtos e epidemias ocasionais. “A ocorrência das meningites virais é mais comum na primavera-verão e das bacterianas no outono-inverno”, afirma a especialista.
A transmissão bacteriana é a prevalente no Brasil e sua letalidade é de 20%. “A forma mais comum de transmissão da meningite bacteriana se dá de uma pessoa para outra por meio das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta”, esclarece a infectologista.
Os sintomas mais frequentes da doença são: febre, forte dor de cabeça, vômitos, sonolência e sintomas respiratórios. “Se o médico suspeita de meningite, ele solicita a coleta de amostras de sangue e líquido cerebroespinhal (líquor) e o laboratório então, testa as amostras. O início de antibióticos para meningite bacteriana é imediato.”, explica a médica Dra. Simone Ferreira.
A meningite é uma doença potencialmente grave e, portanto, necessita de avaliação e tratamento rápidos. “Devido à gravidade do quadro clínico, os casos suspeitos de meningite sempre são internados nos hospitais, por isso, ao se suspeitar de um caso, é urgente a procura por um pronto-socorro hospitalar para avaliação médica”, alerta a especialista.
 “A principal forma de prevenir a meningite bacteriana é por meio da vacinação. As vacinas estão disponíveis para prevenção das principais causas de meningite bacteriana”, explica a médica. Ela esclarece que as vacinas disponíveis no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização são:
- Vacina meningocócica conjugada sorogrupo C: protege contra a Doença Meningocócica causada pelo sorogrupo C;
- Vacina pneumocócica 10-valente (conjugada): protege contra as doenças invasivas causadas pelo Streptococcus pneumoniae, incluindo meningite.
- Pentavalente: protege contra as doenças invasivas causadas pelo Haemophilus influenzae sorotipo b, como meningite, e também contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.
Além da vacinação em dia, a infectologista Simone Ferreira explica que outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Você está protegido contra meningite?
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial