segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Prefeitura de Uberlândia reforça medidas de prevenção contra escorpiões


Condições climáticas da estação favorecem aparecimento dos animais. Números de ordens de serviço do CCZ aumentaram entre setembro e outubro.

 As altas temperaturas combinadas com as chuvas esporádicas são condições propícias para a reprodução dos escorpiões e, consequentemente, o aumento da aparição destes animais. Entre os meses de setembro e outubro, o Programa de Controle de Animais Peçonhentos do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) registrou um aumento de 73% nas chamadas da população para realizar o trabalho de vistoria, captura e orientações.
A espécie mais encontrada na área urbana do município é o escorpião amarelo (Tityus serrulatus). Eles buscam abrigos em vários lugares, como em locais com muito lixo, resto de materiais para construção e até nas redes de esgoto, sendo este o meio mais propício para a entrada nas residências. Por isso, a coordenadora do Programa de Controle de Animais Peçonhentos, Juliana Junqueira, destaca os cuidados de prevenção que a população deve tomar.
 “O trabalho do CCZ é preventivo. A recomendação que passamos a todos é vedar os locais, como vãos, frestas e ralos com telas de proteção. São barreiras físicas que ajudam a impedir que os animais entrem nas casas. Além disso, a população tem que manter os quintais limpos, não jogar lixo e resto de materiais de construção em terrenos, pois os animais estão em busca de abrigo e alimentos, como as baratas”, explicou Juliana.

Busca ativa e prevenção
 A equipe do Programa de Controle de Animais Peçonhentos faz um trabalho durante todo o ano de busca ativa e acompanhamento em pontos estratégicos, além das orientações à população para evitar acidentes e reaparecimento de escorpiões.
 Quando a população entra em contato com o Centro de Controle de Zoonoses, uma equipe do programa realiza a vistoria na casa do morador e nos imóveis próximos (lados esquerdo e direito, frente e fundo), faz a captura e orienta sobre as barreiras físicas que devem ser disponibilizadas para evitar o reaparecimento.
A coordenadora do Programa de Controle de Animais Peçonhentos salienta ainda que a participação da comunidade é essencial para a prevenção, principalmente porque a maior incidência do aparecimento dos animais é entre os meses dezembro a janeiro – época do período chuvoso.
“Quando as chuvas começarem de fato, os escorpiões que estão nas redes de esgoto, quintais e terrenos vão buscar abrigo, e é quando entram nas casas. Manter estes locais limpos, destinar corretamente os resíduos e fazer a vedação são as ações indicadas. Inclusive, a vedação pode ser feita com peneiras plásticas que são encontradas por um preço acessível em ferragistas, casas de material de construção ou de produtos de limpeza”, ressaltou Juliana.              Em caso de dúvidas ou aparecimento de escorpiões, é importante entrar imediatamente em contato com o CCZ pelo telefone 3213-1470.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Prefeitura de Uberlândia reforça medidas de prevenção contra escorpiões
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial