sábado, 26 de outubro de 2019

Produtores rurais poderão ter conta de energia 30% mais cara


Produtores rurais que não realizarem a revisão cadastral solicitada pela Cemig até o próximo dia 16 de novembro poderão perder o benefício tarifário e ter a conta de energia elétrica 30% mais cara. A companhia energética está enviando correspondências para clientes informando sobre a necessidade de realização da revisão cadastral para a continuidade do atendimento aos critérios nas contas de energia da classe serviço público, subclasse água esgoto e saneamento e à classe rural, incluído o benefício especial às atividades de irrigação e de aquicultura. A notificação também está sendo incluída nas faturas de energia de uma parcela dos clientes.
Para evitar que o produtor rural incorra a erro e pague mais caro, o Sindicato Rural de Uberlândia oferecerá orientações em plantões técnicos para auxiliar no recadastramento. Os atendimentos acontecerão nos próximos dias 1º, 5 e 8 de novembro das 8:30 às 11:30 horas na sede da entidade na Av. Juracy Junqueira Rezende, nº 100, bairro Pampulha. A determinação foi disciplinada pela REN nº 800/2017, de 19 de dezembro de 2017, após a realização da Audiência Pública nº 62/2017. O cliente que não atender a convocação ou não atender aos critérios deve ter o benefício tarifário cancelado (art. 53-X, §3º, REN 414/2010).

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Produtores rurais poderão ter conta de energia 30% mais cara
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial