quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Novembro começa com estreia no Circuito Independente de Teatro de Uberlândia


Grupo Hex inaugura nos palcos a peça Edgar.

O espetáculo Edgar do Grupo Hex estará em cartaz no primeiro fim de semana de novembro, dentro da programação do Circuito Independente de Teatro de Uberlândia – CITU. A peça, cuja censura é livre, será apresentada nos dias 02 e 03 de novembro, às 20 e 19 horas, respectivamente, no palco da Escola Livre do Grupontapé, na Rua Tupaciguara, 471, bairro Aparecida.
A montagem é baseada no escritor Edgar Allan Poe, que criou um universo obscuro e doloroso, baseado em sua própria experiência de vida. Os textos do autor refletem o horror que sua alma foi submetida no plano terreno, lançando mão de narrativas de suspense, terror e histórias policiais de mistério e fantasia que costumam agradar muito o público juvenil.
Mergulhados na escuridão, os atores jogam com seus textos, costurando uma proposta antológica da obra do mestre. Mesclando o amor e o horror o público se embriaga de uma ilusão e desperta em cada desfecho horrível.
Reflexos de seus escritos estão vivos nas obras de seus fãs, como Machado de Assis, responsável pela tradução de "O Corvo" contida no espetáculo.
“Nos utilizamos destas histórias para contemplar o quão horrível éramos na virada do século passado, e o quão horrível continuamos sendo. A podridão da alma humana é passível de cura?”, comenta o diretor da peça, Call Oliver.

O CITU
Esta é a 18ª peça apresentada no Circuito Independente de Teatro de Uberlândia - CITU que, desde o primeiro semestre deste ano, brinda a comunidade uberlandense com teatro acessível, promovendo a divulgação dos grupos e profissionais das artes cênicas atuantes na cidade.
“Ao longo do CITU, nós tivemos apresentações de peças que já circularam pelo país, além de algumas estreias como Edgar. Esperamos que o público possa desfrutar dessas oportunidades que o Circuito oferece. Temos espetáculos até dezembro”, comenta uma das integrantes da comissão organizadora do CITU, Camila Tiago.

História do Grupo Hex
O Grupo Hex surgiu em 2017 com uma proposta inovadora. “Ao invés de se configurar como um grupo de teatro, somos uma produtora de arte, por meio da qual buscamos profissionais com interesses semelhantes para compor espetáculos teatrais e trabalhos de outras linguagens artísticas, enquanto auxiliamos na viabilização da criação e circulação”, explica Call Oliver.
O primeiro espetáculo do Grupo, No País das Maravilhas, foi criado nessa dinâmica e durante um tempo fez parte do catálogo de espetáculos do Teatro Solúvel, que surgiu em 2014 por vontade de alunos do curso de Teatro da Universidade Federal de Uberlândia de se profissionalizarem e ganharem espaço no mercado de trabalho artístico de Uberlândia.
O Teatro Solúvel foi dissolvido, mas a busca pela profissionalização e pesquisa sobre as estruturas artísticas continua. Além de No País das Maravilhas e Edgar, o Grupo Hex tem também no repertório o espetáculo Eternamente, baseado em Hamlet de Shakespeare.

FICHA TÉCNICA
Direção: Call Oliver
Codireção: Raabe Rocha
Atores: Call Oliver, Lucas Nasciutti, Raabe Rocha, Marina Frappa e Carol Coltinho

Serviço
O quê: Espetáculo: Edgar
Quem: Grupo ou Artista: HEX
Quando: Datas: 02 e 03 de Novembro
Horário: Sábado às 20h e Dom às 19h
Onde: Teatro da Escola Livre do Grupontapé
Gênero: juvenil/ Horror
Classificação etária: Livre
Contato: Carlos Eduardo Santos de Oliveira | 34 98822-5659 | call_oliver@hotmail.com |
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) | R$ 20,00 (meia) para criança, estudantes, professores e aposentados. Valor Promocional no valor de R$20,00 também para artistas e para quem apresentar o panfleto de divulgação.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Novembro começa com estreia no Circuito Independente de Teatro de Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial