sábado, 19 de outubro de 2019

Nova etapa do Saque FGTS: como usar o dinheiro para sair da inadimplência?


Saques devem injetar R$ 1,8 bi na economia

Nesta sexta-feira (18) começou a ser liberado o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 500  para  não correntistas da Caixa Econômica Federal. Esta nova etapa do saque imediado deve movimentar cerca de R$ 1,8 bi na economia e beneficiciar 4,1 milhões de pessoas.  
De acordo com o cronograma de pagamento, os primeiros a terem direito ao benefício são os trabalhadores nascidos em janeiro. Quem nasceu em fevereiro, poderá sacar a partir da próxima semana (25). 

Como otimizar o dinheiro? 
Uma das opções para o uso do FGTS é aproveitar para sair da inadimplência. Um levantamento realizado pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE), mostra que 37,3% das pessoas com nome negativado tem dívidas inferiores a R$ 500.
Segundo a  Acordo Certo, maior base de défices concentradas no Brasil, 25 milhões de pessoas possuem CPFs em débito para negociação, somando um montante de 32 bilhões de reais em dívidas. 
A negociação da dívida é um dos momentos mais importantes para  reorganizar a vida financeira. Em renegociações online, dependendo do tempo de existência da dívida e da empresa, é possível conseguir até 95% de desconto. 
“Na ocasião em que for negociar, acorde os valores que cabem no seu bolso e considere a possibilidade de utilizar o FGTS para eliminar os débitos. No caso de pagamento à vista, busque descontos junto à empresa de renegociação de dívidas", afirma Roberto Góis, diretor de novos negócios da empresa Acordo Certo. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Nova etapa do Saque FGTS: como usar o dinheiro para sair da inadimplência?
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial