sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Vulcaflex é reconhecida por contribuição ao trabalho e ressocialização da população carcerária


A Vulcaflex acaba de ser certificada com o Selo Nacional de Responsabilidade Social pelo Trabalho no Sistema Prisional - RESGATA, promovido pelo Departamento Penitenciário Nacional - DEPEN. A certificação é resultado do segundo ciclo da parceria realizada com a Secretaria de Estado de Administração Prisional de MG, através da Penitenciária Professor João Pimenta da Veiga, em Uberlândia - MG.
Atualmente, a Vulcaflex conta com cerca de 25 pessoas privadas de liberdade, entre homens e mulheres, para realizar processos de embalagem que, em alguns produtos, já correspondem entre 20 e 30% do total da operação.  “Nós mantemos uma programação semanal que consiste desde o envio dos materiais, treinamentos, confecção de cada etapa da embalagem dos produtos até o recolhimento dos produtos embalados. Tudo supervisionado por um membro de nossa equipe”, afirma Marcelo Marques, gerente industrial.
De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública o trabalho é considerado um dos principais pilares da ressocialização e desempenha um papel importante no senso de identidade, autonomia e amadurecimento, contribui para o desenvolvimento pessoal e coletivo da população carcerária e traz de volta a dignidade e a autoestima. Entre as vantagens para as empresas aderirem à parceria está o fato de o trabalho do preso não estar sujeito ao regime de emprego da CLT - Consolidação das Leis do Trabalho. Assim, o empregador fica isento de encargos trabalhistas. Para a Vulcaflex, a contratação desta mão de obra representa uma redução de 30% em relação à comum. “Oferecemos também um sistema de bonificação por produtividade, com a entrega de cestas básicas e artigos de higiene”, explica Marques.
Já os impactos sociais são imensuráveis. Além de contribuir para a remissão da pena e autonomia financeira, dados colhidos pelo Instituto Igarapé apontam que a taxa de reincidência é menor para egressos que trabalharam durante o período de privação de liberdade.  No Brasil, apenas 15% dos presos estão envolvidos em atividades laborais, sendo Minas Gerais o estado que mais emprega a população carcerária. Para Marques, o Selo Resgata é o reconhecimento de um trabalho que ajuda a mudar paradigmas e contribui para a cidadania da população carcerária, sendo um dos focos de atuação da área de Responsabilidade Social da Vulcaflex.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Vulcaflex é reconhecida por contribuição ao trabalho e ressocialização da população carcerária
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial