quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Por quê as dores aumentam no frio?


Cerca de 70% das pessoas relatam aumento de dores quando a temperatura cai.
Você já ouviu alguma previsão do tempo, como: “Minha coluna dói. O tempo vai esfriar”? Se nunca ouviu, saiba que isso não é incomum. Quase 70% das pessoas que sofrem com algum tipo de dor relatam piora dos sintomas quando a temperatura cai.
O reumatologista, Dr. Carmo de Freitas, convive com essas queixas há décadas e explica: “Não é exatamente a temperatura mais baixa que faz as dores aumentarem, mas sim a mudança na pressão do ar”.
Segundo o especialista, a pressão atmosférica é como o peso do ar que se encontra em torno do nosso corpo. “No calor, a pressão é mais alta ou forte. Assim, o local lesionado tende a inchar menos. Quando o clima fica mais frio, a pressão costuma diminuir, o que leva a uma maior expansão da articulação que está dolorida devido ao problema crônico que não foi tratado. Daí vem o aumento do incômodo, que faz a pessoa pressentir a mudança do tempo”, esclarece o médico que é membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
Além da questão associada à pressão atmosférica, ele explica também que, com o frio, o suporte sanguíneo tende a apresentar deficiência, levando à queda no metabolismo, limitação nas articulações e alterações biomecânicas e posturais, que dificultam alguns movimentos do corpo. “Tudo isso colabora para o aumento das dores, em especial na coluna e nas articulações”, destaca.

Cuidado com a automedicação 
Nesses períodos de aumento do frio e, consequentemente, da dor, é comum as pessoas recorrerem à automedicação. Mas o reumatologista alerta: “o correto é tratar a origem do problema e não apenas aliviar os sintomas. Remédio sem prescrição correta pode aliviar uma dor e causar outros problemas. Quem sente dor com freqüência precisa procurar orientação profissional”.

Mais sobre o reumatologista
Dr. Carmo Gonzaga de Freitas é o pioneiro da Reumatologia no Triângulo Mineiro (MG), co-fundador de um dos maiores complexos hospitalares de Uberlândia, e representante de Minas Gerais e do Brasil em investigações clínicas e laboratoriais, encontros e congressos internacionais. Seu consultório fica na Av. Vasconcelos Costa, 962 – Bairro Martins – Uberlândia (MG). Telefone: (34) 3236-8344.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Por quê as dores aumentam no frio?
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial