domingo, 4 de agosto de 2019

Lições valiosas que o novo disco da Madonna traz sobre o Futuro do Trabalho

Empresária utiliza o entretenimento como ferramenta facilitadora de aprendizado para falar sobre futuro do trabalho e criatividade 
Futurista e criadora de conteúdo sobre tendências e criatividade, Alessandra Lippel, faz uma análise sobre o lançamento do novo disco da Madonna e o que podemos absorver dele, em termos de futuro do trabalho. A personagem Madame X, representada pela Madonna, é uma nômade digital que tem várias profissões, viajando o mundo e lutando pela liberdade. 

Lição 1 – Entre os papeis destacados, a cantora e atriz interpreta uma dançarina, uma escritora, uma freira, uma montadora de cavalos e até a mocinha da limpeza. No futuro, a expert destaca que será trivial que nós possamos expressar nossas várias personas, porque os seres humanos são muito complexos e não caberia serem colocados "dentro de uma caixinha", cheios de limitações. A partir de nossas habilidades e talentos, novas possibilidades serão destacadas e aproveitadas, permitindo-nos executar diferentes atividades remuneradas ao longo do dia.

Lição 2 – Para a produção do álbum,  Madonna contou com a participação de produtores e músicos de pelo menos 5 nacionalidades diferentes (Brasil, Colômbia, Portugal, França e Inglaterra). A criação foi realizada remotamente através de videocalls e mensagens de texto, porém, o encontro presencial só aconteceu para gravar as músicas e fazer as fotos. No futuro, a especialista destaca que montaremos times de acordo com a natureza de cada projeto, e quanto mais diverso for, mais rico será o resultado. Será possível trabalhar em qualquer lugar do mundo e as pessoas se encontrarão apenas para o que for realmente necessário. No entanto se o brasileiro quiser trabalhar em times globais, precisará superar a barreira da língua, dominando o idioma inglês de forma quase que nativa.

Lição 3 – É preciso ter coragem para arriscar em novas tecnologias, mesmo que elas não estejam completamente prontas. A expert em futuro lembra que a Madonna fez uma performance especial na Billboard Music Awards, trazendo no palco "Madonnas digitais" que dançavam junto com ela, com investimento de cerca de US$ 5 milhões.

Lição 4 – Precisamos nos livrar do “ageísmo” ou "preconceito por idade" e com isso ressignificar a maturidade. Madonna nos dá o exemplo mostrando o quanto uma pessoa de mais de 60 anos é capaz de produzir e inovar. A cantora  não se conforma em deitar no berço esplêndido dos seus antigos sucessos. É uma profissional inquieta, inovadora, sempre buscando novidades para colocar em seu trabalho. Em dados, o Brasil destaca um total de mais de 38 milhões de crianças e mais de 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos, onde muitas já deixaram de produzir por não se considerarem mais aptas para isso.  A cantora é prova de que idade não traz limitação, mas pelo contrário, que é possível ser inovador, produzir, contribuir e ainda se divertir com tudo isso.

Serviço:
Site Fotossíntese:  http://fotossintese.co/
Site Vitamina Group: www.agenciavitamina.com

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Lições valiosas que o novo disco da Madonna traz sobre o Futuro do Trabalho
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial