segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Espetáculos UAI Q Dança - "Os eventos são sempre os mesmos"


A Cia profissional do Uai Q Dança entrará numa temporada de apresentações que acontece nos dias 16, 17 e 18 de agosto e se estende até outubro em diversos espaços culturais de Uberlândia, começando pelo espaço, sede da cia, o Palco de Arte do Studio Uai Q Dança. “Os eventos são quase sempre os mesmos” é o nome do espetáculo.  E a temporada é viabilizada pelo Fundo Municipal através do Programa Municipal de Cultura (PMIC) 2018.
“Os eventos são quase sempre os mesmos” foi inspirado no livro homônimo da poetiza uberlandense Lourdinha Barbosa. Trata-se de um “livro objeto”: uma caixa com 63 envelopes onde toda a escrita acontece na parte da frente, onde ficam os dados do destinatário.
Cada palavra escrita, verso, interrogação, reticências, ponto ou vírgula de todos esses envelopes estão contidos na pesquisa de movimentos da intérprete Luciane Segatto que deixa transbordar em cena seus próprios eventos também. A proposta da diretora artística do espetáculo, Fernanda Bevilaqua, foi a de um diálogo tônico da intérprete com a escrita de Lourdinha Barbosa, os envelopes, caixa e ambiente palco e o ambiente que vai sendo construído em cena como cômodos de uma casa que podem ser a da poetiza ou (e) da intérprete. Casa, corpo, envelope, escrita da dança tudo em cena, numa espécie de vai e vem de acontecimentos, não necessariamente ordenados, assim como os acontecimentos diários e ordinários dos nossos dias.
É essencial escutar o que o artista Wagner Schwartz escreve sobre o livro pois esse prefácio escrito por ele problematiza e traz para as criadoras da dança o tom e a tônica da criação. “Lourdinha cria esquemas para guardar imagens reduzidas à sua extensão mínima. Refere-se a elas enquanto coisa. Ela não quer recriar, mas abrigar, encontrar endereço. As imagens são extensões de sua casa: ela-mesma-seu-livro-objeto. Ela convida o destinatário anônimo a aproximar-se de suas experiências sem adjetivos – ela já fez muito por eles, a ligadura dos eventos se dá pelo seu próprio emaranhado, mas pode ser desviada sensivelmente quando interpoladas por intervenções do leitor: a coisa pode ainda permanecer. As inquietações também, talvez por que os eventos sejam quase sempre os mesmos”.

Ficha Técnica:
Bailarina/pesquisadora dos movimentos em cena: Luciane Segatto
Concepção e direção: Fernanda Bevilaqua
Criação e operação de luz: Ronan Vaz
Sonoplastia: Cecília Resende
Registro fotográfico do espetáculo: Cristiano Barbosa

Agenda de apresentações confirmadas:
- 16, 17 e 18 de agosto - 20h - Palco de Arte
- 27 de agosto – 14h - Escola Sobradinho IFTM (auditório)
- 13 de Setembro - 20h - Graça do Axé
- 26 e 27 de outubro - 20h - Trupe de Truões

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Espetáculos UAI Q Dança - "Os eventos são sempre os mesmos"
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial