quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Cia. Teatro de Guerra traz nova montagem ao Circuito Independente de Teatro de Uberlândia


“Há vagas para moças de fino trato” do dramaturgo Alcione Araújo traz o realismo fantástico para a cena do CITU.

A Cia Teatro de Guerra é o próximo grupo a se apresentar no Circuito Independente do Teatro de Uberlândia. O espetáculo “Há vagas para moças de fino trato” estará em cartaz nos dias 10 e 11 de agosto, na Escola Livre do Grupontapé, às 20 horas no sábado e 19 horas no domingo. A faixa etária permitida para assistir à peça é a partir de 16 anos.
A peça relata a história de três mulheres que dividem o mesmo apartamento. São três universos distintos e ao mesmo tempo semelhantes que se cruzam num jogo de damas. Gertrudes, uma dona de pensão, aluga vagas para duas moças. Madalena, uma enfermeira que costuma sair e se divertir no período da noite e Lúcia, uma jovem que se diz doente e em hipótese alguma sai para a rua. A moradia, aparentemente habitada apenas por essas três personagens, revela, numa observação um pouco mais sensível, outros moradores que de forma metafórica justificam suas carências, solidões e desejo de liberdade num ambiente caótico.
O espetáculo “Há Vagas Para Moças de Fino Trato” é o segundo trabalho da Cia. Teatro de Guerra que, desde outubro de 2017, investiga a obra de Alcione Araújo, buscando entrelaçar o texto a uma encenação realista fantástica e com referências estéticas de telenovelas.
O grupo opta por uma encenação na qual os atores e atrizes estão em cena o tempo todo enquanto personagens, revezando em outra função que o grupo denomina “personagens-objetos”, onde os atores e atrizes se objetificam ou têm a função de suporte para algum objeto tendo como objetivo “servir” a cena.
O texto, montado na íntegra, traz a cena três personagens femininos, que na montagem do grupo se duplicam. Há na cena três atrizes e três atores que se unem para contar a trama desses três seres. Ao decorrer do espetáculo, a encenação dá pistas sobre a possibilidade desse apartamento ser habitado ainda mais por outros personagens, alguns concretos, outros abstratos, colocando o espectador em contato com o caos físico presente nas movimentações dos personagens pelo apartamento e com o caos mental derramado por cada personagem e que se une aos outros personagens, revelando um pouco do universo de cada personagem e o universo coletivo dessas três mulheres.

O texto
Escrito em 1972 pelo dramaturgo mineiro Alcione Araújo, “Há Vagas Para Moças de Fino Trato” foi criado a partir do voyeurismo. Alcione morava em um apartamento em Copacabana e, observando a vizinhança, se ateve a uma janela em específico. Lá, moravam três moças. A partir do acompanhamento do dia a dia delas, Alcione criou seu primeiro texto, centrado na questão feminina e entrelaçado com outros temas como a solidão e a cidade, tudo isso recheado de alegorias, necessárias para fugir da censura que imperava na época.
                                                                                            
O grupo
A Cia. Teatro de Guerra surgiu em 2018 a partir do anseio de alguns artistas locais da cidade de Uberlândia em experimentar a linguagem teatral. Fazem parte da Cia.: artistas, alunos e egressos do Curso de Teatro da Universidade Federal de Uberlândia. Além do espetáculo “Há vagas para moças de fino trato”, a companhia também tem no repertório a peça “Boa Noite, Hitler!” (2018) que compôs a programação do CITU no mês de junho.

Ficha técnica
Texto Alcione Araújo; Encenação e Direção: Ernane Fernandez; Elenco: Joaquim Vital, José Venâncio, Júlia Leão, Juliana Marques, Marianne Dias e Mario Leonardo; Cenografia: Ernane Fernandez; Figurino: A Cia.; Criação e Operação de Iluminação: Pedro Solirian; Pesquisa Musical: A Cia.; Operação de Som: Camila Ruth; Fotografia: Dardânia; Design Gráfico: Rafael Michalichem.

Serviço
O quê: Espetáculo: Há Vagas Para Moças de Fino Trato
Grupo: Cia. Teatro de Guerra
Datas: 10 e 11 de agosto
Horário: sáb às 20h e dom às 19h
Local: Teatro da Escola Livre do Grupontapé (Rua Tupaciguara, 471 B. Aparecida)
Gênero: Realismo Fantástico
Duração: 90 minutos
Classificação etária: A partir de 16 anos
Ingressos: R$ 20 (meia) | R$ 40 (inteira)
Contato: Ernane Fernandez | 34 99240-5054 | ernanefn@hotmail.com |

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Cia. Teatro de Guerra traz nova montagem ao Circuito Independente de Teatro de Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial