sábado, 3 de agosto de 2019

Brasileiros trocam férias por intercâmbio de curta duração


Cresce procura por programas de curta duração, ideais para quem quer conciliar o emprego e a experiência de estudar fora
Viajar, conhecer novos lugares, estudar um idioma, dar um upgrade no currículo e, de quebra, se divertir. Além de uma experiência cultural, o intercâmbio tem se tornado cada vez mais um investimento profissional. Por isso, como forma de potencializar o currículo e garantir uma vaga no emprego dos seus sonhos, profissionais de diversas áreas tem trocado as férias no Brasil por um intercâmbio de curta duração.
Dados da agência de intercâmbio World Study BH apontam crescimento de 12% na procura por este tipo de programa no primeiro semestre de 2019, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Entre todos os programas ofertados pela empresa, os cursos de curta duração representam 31% dos contratos. O público feminino é o que mais investe em especialização intercultural nas férias: 54% dos estudantes são mulheres.
Mas, o que é possível fazer em 4 semanas? Para o bancário Luiz Fernando Godinho, de 22 anos, o tempo foi mais do que suficiente para praticar o inglês, conhecer um país diferente e enriquecer o currículo profissional. O jovem, que sempre sonhou em fazer intercâmbio, embarcou em fevereiro deste ano para a cidade de Londres, na Inglaterra.
Um dos destinos mais escolhidos pelos viajantes mundo afora, a cidade oferece diferentes opções de restaurantes, museus, jardins e igrejas. A terra do Big Ben e dos ônibus vermelhos de dois andares abriga uma das diversidades culturais mais expressivas de todo o mundo. "Além da alta qualidade de ensino, a capital tem inúmeras atrações turísticas e culturais que tornaram a minha experiência inesquecível", comenta Luiz.
E exatamente por causa do ambiente multicultural, Luiz garante que foi a melhor experiência que já viveu. “O foco, é claro, era aperfeiçoar meu inglês, mas acredito que a experiência me abriu novos horizontes. Também conheci pessoas de diferentes países e culturas. Tive a oportunidade de visitar diversos pontos turísticos de Londres e ainda desfrutar as belas paisagens da cidade".
O intercâmbio, segundo Luiz, trouxe um impacto positivo na sua carreira. Ele conta que depois da experiência chegou, inclusive, a participar de um processo seletivo em inglês. A imersão nos estudos e na cultura do país foi decisiva para dominar o idioma. "Esta foi a minha primeira experiência internacional, já estudava inglês aqui no Brasil, mas com a viagem minha pronúncia e compreensão ganharam mais corpo", afirma.
Os programas de intercâmbio de curta duração permitem que o estudante aproveite o período de férias, no trabalho ou na faculdade, para conciliar lazer e uma experiência de estudos no exterior. O curso tem duração média de 4 a 8 semanas. "Ainda que por um período mais curto, o estudante lida com todos os desafios que um intercâmbio proporciona. Ele irá conviver diariamente com pessoas que falam o idioma e ainda tem a oportunidade de explorar as belezas do lugar que escolheu", destaca o diretor da World Study BH, Paulo Silva.
Luiz aproveitou justamente as férias no trabalho para fazer a viagem. "Não poderia largar meu emprego para fazer um intercâmbio de longa duração, por isso decidi aproveitar meu período de férias de forma mais produtiva", relata. Ele estudou na Kaplan, onde aprendeu também técnicas para entrevistas em inglês e como montar um currículo para vagas internacionais. O jovem ainda enfatiza que pretende repetir a experiência nas próximas férias.
O diretor da World Study BH, que também detém franquias da rede em Brasília, Porto Alegre, Goiânia e Morumbi (São Paulo), ressalta que o custo desse tipo de programa é mais acessível, em comparação com os intercâmbios de longa duração. "A necessidade de se virar sozinho em uma cultura diferente, lidar com situações distintas das que está acostumado em seu país de origem, além, claro, da saudade. Tudo isso agrega um aprendizado único ao intercambista", destaca Silva.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Brasileiros trocam férias por intercâmbio de curta duração
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial