sexta-feira, 2 de agosto de 2019

A amamentação de cada lactante é única, confira dicas para conduzir a sua!


A amamentação é um processo natural da vida e o leite materno é um dos alimentos mais valiosos do mundo. Apesar de ser uma etapa fundamental, pode ser difícil adaptar-se e encontrar a melhor forma de vivenciar esse momento para a mulher e o bebê. Cada amamentação é única e um profissional é essencial para auxiliar a lactante nesta fase.
Para as mães de primeira viagem, iniciar essa etapa pode ser cheia de dúvidas e ainda mais difícil. A fim de auxiliar nesse processo e esclarecer os principais pontos, entrevistamos o neonatologista Dr. Paulo Roberto Silva Lucena Patriota. Confira:

Para as mães de primeira viagem, quais os principais conselhos para tornar esse processo o mais leve possível?
O primeiro passo é manter a calma, buscar um ambiente tranquilo e acolhedor dentro de casa. Estar confiante e relaxada nos primeiros dias após o parto é difícil, mas é a principal dica! Se sentir necessidade, converse com outras mães e peça por auxílio. Procure um profissional de confiança, como um técnico de enfermagem, enfermeiro ou pediatra. Relate suas dúvidas, medos e dificuldades. Anote as orientações. Tente amamentar com o profissional ao lado para que possa corrigir o que for preciso e dar mais segurança quando estiver sozinha em casa.

Qual a importância da amamentação para a criança?
Já está bem estabelecido por inúmeros trabalhos científicos ao redor do mundo: amamentar reduz as chances de infecções respiratórias, diarreias e doenças alérgicas, aumenta os índices de desenvolvimento intelectual, protege contra a obesidade e outras doenças na idade adulta. Bebês que recebem, exclusivamente, leite materno tem menos cólicas do lactente.

Como conciliar o aleitamento materno com a volta ao trabalho e como armazenar o leite?
Primeiramente deve-se estar motivada!  Analisar o tempo gasto nos percursos de ida ao trabalho e seu retorno, observar pelas leis trabalhistas o intervalo destinado para a amamentação. Para armazenamento, escolha um frasco de vidro incolor com tampa plástica, de maionese ou café́ em pó́, por exemplo. Retire o rótulo e o papel de dentro da tampa, lave bem com água e sabão e depois ferva a tampa e o frasco por 15 minutos, contando o tempo a partir do inicio da fervura. Escorra o frasco e a tampa sobre um pano limpo até secar. Depois, feche bem o frasco, sem tocar com a mão na parte interna da tampa. Essas orientações podem ser encontradas, também, no site da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Como saber qual é o momento de desmame e como inicia-lo?
Interromper definitivamente a amamentação é uma decisão difícil para muitas mães e a ideia de parar de amamentar trouxer mais alivio do que culpa, pode-se pensar. A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda a oferta do leite materno por pelo menos 2 anos de vida, mas o retorno ao trabalho e o desgaste nas relações com outros membros da família podem fazer com que o desmame seja realizado bem antes. Não existe tempo certo para interromper o aleitamento no bebê com mais de 1 ano. Tem de ser uma decisão de quem amamenta e de quem recebe o leite. Quando o bebê já se adaptou bem ao cardápio familiar, consegue ter uma boa noite de sono e a ideia de parar de amamentar trouxer alívio, deve-se pensar no desmame.

Para as mães que não conseguem amamentar, qual a solução?
O pediatra que acompanha a família poderá orientar nessa decisão. O uso de fórmulas infantis preparadas especialmente para bebês pode ser a escolha da família, existem inúmeras marcas no mercado, algumas mais caras, outras com mais nutrientes e outras específicas para necessidades especiais do bebê, como refluxo e alergia à proteína do leite, por exemplo. Lembrando que leite de caixinha, de saquinho, leite puro da roça NÃO são preparados para o bebê humano e podem prejudicar a saúde dos pequenos!

Compartilhar

Postagens Relacionadas

A amamentação de cada lactante é única, confira dicas para conduzir a sua!
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial