sábado, 31 de agosto de 2019

10 dicas para aprender a ganhar dinheiro na Bolsa de Valores


Mais de 1 milhão de pessoas físicas investem na Bolsa de Valores. Segundo Carol Paiffer, CEO da Atom Educacional, a vida de daytrader é possível para todo mundo que tenha disciplina.

No Brasil há cerca de mais de 1 milhão de investidores pessoa física no mercado de renda variável, segundo a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) divulgou no último mês de abril. É um volume de traders 33,7% superior ao mesmo período em 2018, sendo que a tendência é crescimento ainda maior, visto que o Ibovespa - índice desse mercado - já atingiu os 100 mil pontos neste ano.
Este cenário é resultado da realidade macroeconômica do país com taxa de juros de apenas um dígito, o que tem levado as pessoas a buscarem rendimentos mais lucrativos do que a tradicional poupança. Para Carol Paiffer, CEO da ATOM S/A, o Brasil vive uma mudança comportamental na forma de lidar com investimentos e a Bolsa de Valores é um mercado de trabalho muito valioso, inclusive como recurso para ter uma vida financeira mais equilibrada.
Além de possuir uma Mesa Proprietária que chegou ao Mercado por meio da compra de 69,24% da antiga Inepar telecomunicações, a ATOM S/A atua como rede de franquia no setor de ensino da profissão de daytrader, com a marca ATOM Educacional.
“A vida de daytrader na Bolsa de Valores é possível para todo mundo. Hoje em dia, para operar no mercado financeiro, basta ter acesso a um computador e uma boa conexão de internet. Com foco, disciplina, estratégias refinadas e uma boa leitura de mercado, os lucros irão aparecer de forma concreta”, esclarece Carol Paiffer.
Para quem quer aprender a ganhar dinheiro na Bolsa de Valores, a especialista dá 10 dicas importantes:

1- Acompanhe as notícias sobre economia e política - A Bolsa de Valores é viva e suas ações são quase sempre influenciadas pelo que acontece globalmente. Estar antenado nos últimos acontecimentos permite uma análise mais criteriosa sobre o momento de compra e venda.

2 – Faça uma leitura de mercado -  Observar tendências de baixa ou alta no mercado faz como que se aprenda que existem prioridades na leitura de mercado, pois é necessário saber onde estão os compradores e os vendedores. Com isso, o trader deve aprender para onde “olhar’ na hora da operação.

3 - Não se sabote – Para operar na Bolsa, como toda profissão, é essencial empenho e dedicação. Qualquer pessoa pode aprender, mas deve evitar obstáculos como “parece difícil”, “não entendo”, “é chato” ou “vou errar”. Ou seja, é necessário vencer a barreira da auto-sabotagem, enfrentando os desafios e sendo persistente.

4 - Mantenha o foco - Estar presente de corpo e mente no momento da operação é fundamental para um bom desenvolvimento. O ideal é desligar-se de distrações como celulares e redes sociais e se concentrar muito durante todo o período de operação.

5- Estabeleça metas e prazos - É necessário saber quando e quanto se quer ganhar para suprir um determinado estilo de vida. Ou seja, para quem não sabe o que quer, qualquer coisa serve. Coloque-se um prazo para efetuar os treinos livres em simuladores e ter bom desempenho precisa ser uma meta.

4 - Mantenha um tempo de estudos permanente – Coloque-se dia e hora para estudar. É como um vestibular: muitos já o fazem e poucos tem sucesso. A dedicação é chave, ou seja, quanto mais se estuda, melhores são os resultados.

5 - Evite a arrogância - O mercado financeiro não aceita arrogância. Depois de achar que já aprendeu o suficiente, a dica é refletir sobre isso. Aquele que acha que já sabe tudo, pode ser surpreendido negativamente com a volatilidade de um pregão.

6 – Viva um dia após o outro - Nenhum trader jamais será maior que o mercado. É importante saber que nenhum dia no mercado financeiro é igual ao outro, ou seja, o que dá certo num dia, pode não dar no outro. Não existe receita absoluta de sucesso.

7- Refine estratégias - Nem sempre a melhor estratégia do mercado serve para o momento de todos os daytraders. Estar atento à meta pessoal, impede que uma estratégia superficial coloque tudo a perder.

8 – Treine muito - O treinamento é a base de uma boa performance. Na ATOM Educacional, por exemplo, os alunos treinam em simuladores antes de ir para o mercado e, somente investem de fato na Bolsa de Valores, após serem avaliados positivamente. Com isso, o que diferencia um trader de sucesso de outro é justamente conhecimento de causa adquirido em treinos livres pelo maior número de horas possíveis.

9 – Não é necessário arriscar seu próprio dinheiro -  Um dos maiores receios de quem quer operar na Bolsa de Valores é obviamente perder dinheiro. Porém, é possível operar com capital de empresas como a ATOM, que é uma mesa proprietária e possui o maior time de traders da América Latina, em que operadores começam recebendo 80% dos lucros e podem chegar até 90%, conforme mostram consistência. Quanto mais apresentam resultado, mais capital tem disponível para operar.

10 – Tenha networking – Uma das melhores formas de se manter atualizado sobre as tendências na operação da Bolsa de Valores é estar inserido nesse mercado. Com isso, é essencial desenvolver um networking qualificado no mercado financeiro, participando constantemente de cursos de atualização e eventos da área.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

10 dicas para aprender a ganhar dinheiro na Bolsa de Valores
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial