sexta-feira, 19 de julho de 2019

Prorrogadas até dia 2 de agosto as inscrições para Selo Empresa Cidadã edição 2019


Empresas com projetos sociais com cunho em áreas abrange a qualidade de vida, equidade e desenvolvimento humano da comunidade, bem como a preservação do meio ambiente, têm até o dia 2 de agosto para se inscrever e concorrer ao Selo Empresa Cidadã 2019. O selo de reconhecimento é concedido pela CDL Uberlândia em parceria com a Fundação CDL e Câmara Municipal de Uberlândia a cada dois anos e está em sua 13ª edição. As inscrições pode ser feitas pelo site  www.empresacidada.cdludi.org.br
Empesas ou instituições do terceiro setor poderão inscrever mais de um projeto desde que preencham um roteiro para cada iniciativa e atendam aos requisitos básicos do regulamento, que estão descritos no site do Selo. Todas as empresas concorrerão ao Selo Empresa Cidadã e as entidades do terceiro Setor ao Selo Excelência Cidadã.  
As empresas e instituições com projetos classificados receberão o reconhecimento em evento solene em três categorias: Empresa Cidadã, Excelência Cidadã e Cidadão Benemérito. Eles ganham o direito de utilizar, por dois anos subsequentes, o selo em campanhas de comunicação, produtos e documentos diversos, dando visibilidade e credibilidade à marca. Com a premiação, a CDL estimula o desenvolvimento e a qualificação das práticas de Investimento Social Privado no município. O conceito de Investimento Social Privado sintetiza um traço da filosofia das empresas que transcende a compreensão puramente comercial de suas atividades, e procuram colaborar para a sustentação e o desenvolvimento da comunidade a qual estão inseridas.

Projetos 
Para concorrer aos Selos, as organizações devem estar em  conformidade com a legislação vigente. E atender aos requisitos que constam no decreto que instituiu o projeto, um deles é não empregar mão de obra infantil, nem comprar produtos ou serviços de empresas que o façam. Outro aspecto importante é a continuidade dos projetos, assim, a empresa ou instituição precisa estar desenvolvendo o projeto há pelo menos um ano.  
Durante o processo de avaliação uma comissão julgadora formada por profissionais especialistas de mercado, multidisciplinar, voluntária e independente farão análise  tendo  em vista indicadores de relevância social e prioridade para a comunidade. Estratégias de originalidade da iniciativa e potencial de evolução do projeto, bem como execução e resultados benéficos para a comunidade também serão avaliados. Para a classificação das concorrentes ainda serão levados em conta a defesa dos direitos humanos e sociais, do trabalho, da vida e da cidadania. 
 Mais informações secretaria@cdliudi.org.br ou (34) 3239-3415.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Prorrogadas até dia 2 de agosto as inscrições para Selo Empresa Cidadã edição 2019
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial