sexta-feira, 26 de julho de 2019

Livro sobre paradesporto feminino será lançado em Uberlândia


Obra traz a história de cinco para-atletas uberlandenses. Lançamento acontece dia 02 de agosto, às 19h, na Oficina Cultural 

O livro Guerreiras: histórias de mulheres para-atletas nunca antes contadas da jornalista Cíntia Sousa será lançado no dia 02 de agosto, sexta-feira, às 19h. O evento, com entrada gratuita, acontece na Oficina Cultural e contará com a presença das para-atletas personagens da publicação.
A obra conta histórias de cinco mulheres que possuem em comum o amor pelo paradesporto. Amanda Sousa, Daniele Martins, Gisele Ferreira, Joana Silva e Laila Suzigan descobriram o sentido da vida ao enfrentarem a deficiência com o auxílio do esporte.
Amanda Sousa pratica Halterofilismo. A força dos braços a fez esquecer a restrição dos movimentos da perna. Desde o nascimento convive com a deficiência. As mãos calejadas refletem o sacrifício da para-atleta, que busca ser a mulher mais forte da América Latina, na categoria até 73 kg.
Daniele Martins, de profissional a atleta universitária. A para-atleta da Bocha segue na contramão. Com uma carreira consolidada e vitoriosa, hoje se dedica ao esporte universitário. Ela luta para que as pessoas com deficiência entrem na universidade e tenham a oportunidade de praticar uma atividade esportiva.
Gisele Ferreira, a apaixonada pelo Goalball. O paradesporto a trouxe de volta a vida. As conquistas no esporte criado exclusivamente para as pessoas com deficiência visual permitiram o nascimento de uma nova Gisele.
Joana Silva é para-atleta do Atletismo e descobriu a deficiência visual apenas aos quarenta anos. Ela começou tarde no paradesporto, mas os resultados chegaram cedo. É a primeira mulher uberlandense a participar de uma Paralimpíada.
Laila Suzigan, a promessa uberlandense. A nadadora da premiada equipe do Praia Clube foi diagnosticada aos nove anos com paralisia cerebral. Diagnóstico que representa um erro médico e que só cinco anos depois é desfeito. Laila possui uma doença degenerativa dos músculos. As braçadas a levam em destinos nunca antes almejados. A água retarda o atrofiamento.
Amanda e Laila, no final do mês de agosto, seguem para Lima, Peru, onde representam o país no Parapan-Americano. 
Guerreiras é resultado de uma pesquisa realizada durante o mestrado profissional do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias, Comunicação e Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, sob a orientação do professor Rafael Venâncio.

Serviço:
O que: Lançamento livro Guerreiras: histórias de mulheres para-atletas nunca antes contadas
Quando: 02 de agosto de 2019
Local: Oficina Cultural de Uberlândia, Rua Tiradentes, 24, Bairro Fundinho
Horário: 19h
Entrada: Gratuita*
*O livro será vendido durante o evento pelo valor de R$ 50,00.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Livro sobre paradesporto feminino será lançado em Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial