quinta-feira, 25 de julho de 2019

Consumidor depende cada vez mais do crédito oferecido pelo cartão do supermercado


É o que pode ser concluído ao observar os resultados da empresa que registrou aumento no valor gasto, no valor médio das faturas, na busca pelo crédito neste formato e até para carregar o celular pré-pago

Números do primeiro semestre consolidados pela DMCard mostram uma dependência cada vez maior do private label para o consumidor manter a dispensa abastecida e até mesmo seu smartphone funcionando. A administradora de cartões de crédito especialista no varejo supermercadista e tecnologias em sistemas de pagamento identificou que o número de pessoas em busca por esse formato de crédito em seus parceiros cresceu 50%.
No período foram realizadas 8,2 milhões de transações com cartões totalizando pouco mais de R$ 1,1 bilhão gasto, um crescimento de 32,5% quando comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram movimentados quase R$ 698 milhões.
“O cenário econômico e o risco de inadimplência trazem cada vez mais dificuldade de acesso ao crédito, principalmente para as classes mais baixas da sociedade. Por isso, o cartão de loja tem se transformado em uma solução mais fácil para aquele consumidor desbancarizado ou que possui conta em banco apenas para movimentação sem ter nenhum crédito, principalmente para a manter o consumo doméstico básico”. Explica Carlos Tamaki, Diretor Financeiro da DMCard.

Novos cartões consomem mais na primeira fatura
No primeiro semestre de 2019, 241 mil consumidores utilizaram o cartão do supermercado pela primeira vez, um crescimento em número de portadores de 15,5%. Também registrou um percentual de crescimento de 15,5% o valor médio da primeira fatura deste grupo, que passou de R$ 249 para R$ 286. Com mais consumidores adotando o cartão e gastando mais, o total movimentado nas primeiras faturas durante todo o período foi de R$ 69 milhões, um aumento de 33%.
“Os números que nos trazem os novos consumidores portadores de cartão ajudam a sustentar o entendimento de que há uma busca crescente e maior dependência desse crédito”, conta Tamaki. “E quando conseguem esse crédito já dão início ao uso consumindo mais, por ser, muitas vezes, a única opção para garantir suas compras”.

Recarga de crédito em celular pré-pago com cartão quase dobra
Um fenômeno identificado pela DMCard também corrobora para a interpretação dos resultados é o uso do cartão do supermercado para colocar crédito nas linhas de celulares pré-pagos na boca do caixa. No primeiro semestre do ano, foram mais de R$ 3 milhões em créditos, um aumento de 82%, do que foi registrado nos primeiros seis meses de 2018.
“E tudo isso, em um ano que começa com a economia encolhendo. No primeiro trimestre, o Banco Central registrou PIB negativo de -0,2%. No mesmo período de janeiro a março, o IBGE também mostra uma queda do consumo nos supermercados de -0,9% e vendas no varejo em geral crescendo apenas 0,3%, no Brasil”, conclui Tamaki.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Consumidor depende cada vez mais do crédito oferecido pelo cartão do supermercado
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial