sábado, 22 de junho de 2019

Mais de 90% dos vendedores brasileiros já usa ferramentas digitais para fechar negócios, aponta estudo do LinkedIn

Pesquisa foi feita com mais de 500 vendedores e compradores brasileiros. Uso de redes sociais como Facebook, Twitter e LinkedIn já é presente na rotina de 67% dos vendedores
 O uso de ferramentas inteligentes voltadas para a força de vendas é uma realidade cada vez mais presente em empresas de pequeno, médio e grande portes. De acordo com estudo feito pelo LinkedIn, maior rede social profissional do mundo, mais de 98% dos vendedores brasileiros já utiliza alguma ferramenta digital para prospectar clientes.
Intitulada de “O Cenário das Vendas no Brasil”, a pesquisa¹ foi feita com mais de 500 profissionais que trabalham com vendas e compradores. Segundo o estudo, o uso de plataformas digitais garantem uma série de vantagens. Além da eficiência apontada por 43% dos respondentes, merecem destaque o aumento da capacidade real de fechar mais negócios e gerar receita (apontado por 40% dos respondentes) e o aumento da produtividade (33%). Em seguida estão  a flexibilidade (30%), a possibilidade de construir relações mais consistentes com clientes e potenciais clientes (29%) e a redução de custos (24%).

Plataformas sociais
Entre as plataformas mais citadas estão as colaborativas (68%), as de networking (67%) e as de customer relationship management, o famoso CRM (59%). As redes sociais são encaradas como meios estratégicos para conhecer e se aproximar de potenciais clientes. Na pesquisa, 67% dos vendedores disseram usar esse tipo de tecnologia no dia a dia de vendas. Quando questionados sobre a importância para fechar negócios, 96% deles consideram o uso desse tipo de tecnologia importante ou muito importante. É notável esse aspecto quando analisamos com que frequência profissionais de venda seguem as páginas pessoais ou corporativas de clientes e empresas a fim de adquirir maior conhecimento e atuar de maneira mais inteligente com seu prospect: 45% dizem que acompanham o tempo todo; e 40% afirmam que acompanham na maior parte do tempo.
A rede social LinkedIn e a ferramenta LinkedIn Sales Navigator foram listadas entre as cinco plataformas mais usadas pelos profissionais entrevistados. Dois a cada três respondentes (66%) citaram a primeira. O LinkedIn Sales Navigator, por sua vez, foi o destaque na pesquisa deste ano: apareceu como opção para 45% dos vendedores.
Os compradores também se valem das redes sociais como instrumentos de pesquisa sobre as empresas e os profissionais de vendas. De acordo com o levantamento, 39% dos compradores entrevistados sempre procuram informações nesse tipo de mídia, enquanto 33% dizem ser mais provável falar com um vendedor que tenha um perfil online em alguma delas.
“Os contatos impessoais, também conhecidos como cold calls, têm se mostrado cada vez menos eficazes. A pesquisa deste ano apontou que, de cada cinco compradores, três disseram que respondem menos da metade das vezes a esse tipo de interação ou até mesmo nunca respondem”, explica Ana Carolina Almeida, gerente de marketing do LinkedIn. “As ferramentas digitais hoje em dia ajudam não só a entender melhor o setor do possível comprador, mas construir uma relação mais forte com clientes e prospects e consequentemente, fechar mais negócios”, completa.

¹ Pesquisa realizada pela Market Cube de 17 a 25 de outubro de 2018. Responderam a cada um dos questionários um total de 506 profissionais que trabalham com vendas e compradores. Os requisitos básicos era possuir 21 anos ou mais, ter ao menos 2 anos de experiência profissional e trabalhar em uma empresa B2B. O método utilizado foi questionário online.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Mais de 90% dos vendedores brasileiros já usa ferramentas digitais para fechar negócios, aponta estudo do LinkedIn
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial