quarta-feira, 10 de abril de 2019

Alimentação é tema do 6º Encontro com Especialistas


Evento organizado pelo Hospital Santa Genoveva visa esclarecer sobre como a alimentação pode evitar o câncer, bem como auxiliar no tratamento da doença

Acontece no dia 24 de abril, quarta-feira, às 19h, no auditório do Hospital Santa Genoveva, a sexta edição do Encontro com o Especialista, projeto do departamento de oncologia para as pessoas que querem saber mais sobre formas de prevenir, diagnosticar e tratar os vários tipos de cânceres. O evento é aberto ao público e a inscrição é gratuita. Neste mês, o tema do encontro é “Alimentação e Câncer”.
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a alimentação e nutrição inadequadas são classificadas como a segunda causa de câncer que pode ser prevenida. Elas são responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil, e por aproximadamente 35% das mortes pela doença.
Ainda, de acordo com o INCA, para cada 100 pessoas com câncer, 33 casos poderiam ser evitados caso a população adotasse uma alimentação saudável e colocasse a atividade física na rotina para manter o peso adequado.
Para o médico nutrólogo do Hospital Santa Genoveva, Dr. Cláudio Barbosa, os alimentos podem auxiliar na prevenção contra o câncer. “Existem evidências científicas que comer mal aumenta o risco de tumores. Mas, é importante falar que nenhum alimento ou ingrediente, por si só, pode proteger contra o câncer”, disse.
Barbosa completa que existem evidências de que alguns nutrientes têm ação protetora e consumir legumes, frutas leguminosas e grãos integrais ajudam a evitar o ganho de peso. “Após o tabagismo, o excesso de peso é o segundo fator mais preditivo para o surgimento de câncer. Por isso, recomendamos que pelo menos dois terços do prato deve ser preenchido com esse tipo de alimento”, afirma.
O Nutrólogo diz, ainda, que é normal alguns pacientes emagrecerem em alguma fase do tratamento de câncer e a desnutrição é um fator de risco, podendo aumentar a morbidade hospitalar e a mortalidade. “Podemos dizer que cerca de 60% são desnutridos, fator que pode ser causado por uma combinação de fatores: menor ingestão alimentar, metabolismo anormal, depressão, aversão aos alimentos pós-quimioterapia. Por todos esses fatores é que a terapia nutricional depende do paciente, do seu apetite, do tipo de câncer, do estágio da doença e da resposta a seu tratamento”, finaliza o médico.
No Hospital Santa Genoveva existe uma equipe especializada em sugerir e aplicar os vários tipos de suporte nutricional aos pacientes debilitados e desnutridos pelo câncer, quer seja por meio de suplementos orais, pela dieta por sondas ou pela veia (nutrição parenteral).
Durante o evento, será lançado, também, o manual "Alimentação e Câncer", com o objetivo de informar aos pacientes e seus familiares como adequar ou readequar a dieta durante todo o tratamento. O material é de autoria do Dr. Cláudio Barbosa e trará as últimas evidências científicas sobre o tema.

Serviço
O que? Encontro com o Especialista - “Alimentação e Câncer”
Quando? 24/04 (quarta-feira) - Às 19h
Onde? Auditório do Hospital Santa Genoveva - Avenida Raulino Cotta Pacheco, 629 - Bairro: Martins.
Como inscrever? As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones: 3239-0379 ou 3239-0300.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Alimentação é tema do 6º Encontro com Especialistas
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial