segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Cerca de 40% dos casos de câncer são evitáveis através da adoção de hábitos saudáveis


Dia 4 de Fevereiro é o dia Mundial do Câncer, data para lembrar a luta contra essa doença que cresce desordenada e é uma das mais dolorosas e temidas. Ela já possui mais de 100 variações e, o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima que neste ano, 2019, sejam diagnosticados 600 mil casos de câncer no Brasil.
O oncologista Luciano Paladini, do Oncocentro de Uberlândia, ressalta a relevância dessa data. “A grande importância é lembrar a comunidade sobre os cuidados possíveis para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer. Vale lembrar que, no Brasil, o câncer é a segunda principal causa de morte, atrás apenas da mortalidade por doenças cardiovasculares”, informa Dr. Luciano. 
Devido às campanhas, as pessoas acabam adotando hábitos mais saudáveis. O especialista alerta, que essas medidas são essenciais. “Entre 5 e 10% de todos os casos de câncer apresentam um forte componente hereditário, para cerca de 50% dos casos, não há medidas preventivas eficazes identificadas, mas considera-se que cerca de 40% dos casos de câncer são evitáveis através da adoção de hábitos saudáveis”, alerta o especialista.
Algumas das medidas que podem auxiliar apontadas por Dr. Luciano são: manter-se longe do cigarro, evitar a obesidade, adotar uma dieta saudável, evitar alimentos processados e reduzir o consumo de carnes vermelhas, dar preferência a alimentos integrais, ingerir frutas e vegetais diariamente e praticar atividade física regular, como, por exemplo, meia hora de atividades moderadas 5 vezes por semana.
“Outra forma de se prevenir em relação ao câncer, é através da vacinação contra o vírus HPV, relacionado, principalmente, ao câncer do colo de útero. A vacinação de adolescentes de ambos os sexos é indicada para reduzir risco de casos da doença”, afirma Dr. Luciano
O INCA estima que em 2019, para os homens, o câncer de próstata será o mais comum e, para as mulheres, o de mama. De acordo com Dr. Luciano, muitos dos casos de câncer de próstata terão uma evolução muito lenta e indolente, entretanto, a maioria dos casos se beneficia do diagnóstico precoce. “No Brasil, a Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens a partir de 50 anos procurem um profissional especializado, para avaliação individualizada. Aqueles da raça negra ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos. O rastreamento deverá ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios. Após os 75 anos, poderá ser realizado apenas para aqueles com expectativa de vida acima de 10 anos”, informa o doutor.
Já em relação ao câncer de mama, o médico indica que todas as mulheres devem procurar um mastologista para iniciar o rastreamento com mamografia a partir dos 40 anos de idade. “Mulheres com parentes próximas que tiveram câncer de mama antes dos 40 anos ou aquelas com mais de um parente de primeiro grau com a doença, devem procurar um mastologista mais precocemente, por exemplo, aos 30 ou 35 anos de idade, para serem orientadas”, completa.
 O especialista aconselha sobre a importância de estar atento aos indícios, pois o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento. “Muitos tipos de câncer só vão manifestar sintomas em estados avançados da doença. A identificação de nódulos na mama, especialmente em mulheres a partir dos 30 anos de idade, sangramentos na urina, fezes, sangramentos de gengiva espontâneos, tosse com expectoração sanguinolenta especialmente entre os fumantes, perda peso não explicada, entre outros sintomas, devem ser comunicados ao médico para avaliar a necessidade de que se investigue estes sinais e sintomas”, finaliza o Oncologista Dr. Luciano.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Cerca de 40% dos casos de câncer são evitáveis através da adoção de hábitos saudáveis
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial