segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Nessas férias, faça você mesmo os brinquedos das crianças

Especialista da Faculdade Pitágoras dá dicas para os pais enfrentarem o desafio das férias escolares em casa

O 'faça você mesmo', termo traduzido da expressão do it yourself, representa um movimento que incentiva a criação e valorização de produtos personalizados e com estímulos criativos próprios. Em tempos de férias escolares essa pode ser uma boa opção para os pais se divertirem com os filhos.
Para a pedagoga e coordenadora do curso de Pedagogia da Faculdade Pitágoras, Sávia Rodrigues, o período de férias escolares é um desafio para os pais, pois são muitos dias de descanso em casa e o ideal é unir os adultos e as crianças para que juntos criem um elo de descontração e brincadeiras. "O lazer é importante para criar relacionamento entre os pais e filhos, entre tios e sobrinhos e, até mesmo, avós e netos. É neste período que todos os envolvidos recarregam as energias para o retorno da rotina escolar. A expressão de afeto acontece de forma espontânea e isso ajuda a criança e ter equilíbrio emocional", explica.
Ainda segundo Sávia, para ser criativo e colocar a meninada para se divertir é fácil e basta começar. Os brinquedos feitos em casa com materiais recicláveis são uma atividade atrativa e saudável e uma ótima opção para os pais que desejam diversificar as brincadeiras, fugindo dos aparatos tecnológicos e sem sair do orçamento, além de contribuir para o desenvolvimento e formação dos pequenos. "A criança quando se envolve na criação de um brinquedo ou jogo, extrai dela a essência da ludicidade, a criatividade é estimulada e, a partir daí, surgem novas ideias e interesses. A atividade pode até mesmo estimular a criança a valorizar as brincadeiras mais simples, assim como a importância do brincar, se sujar, sair da rotina", enfatiza.

Os brinquedos podem ser confeccionados com diversos materiais, inclusive, objetos inusitados como, por exemplo, a tampa da caixa de pizza que, junto com tinta, canetinhas e até terra, se transforma em um mosaico. "As opções de brincadeiras que podem ser elaboradas com a ajuda das crianças são inúmeras: a esponja da cozinha pode ser usada para pintura em papel, saquinhos plásticos viram um jogo de sensações com diferentes texturas e cores, quando cheios com água ou gel e por aí vai. O que mais importa é que as famílias estejam unidas nesse período, pois em momentos assim que podemos conhecer nossos pequenos e saber o que pode ser desenvolvido e explorado nessa fase de crescimento", conclui Sávia.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Nessas férias, faça você mesmo os brinquedos das crianças
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial