sábado, 15 de dezembro de 2018

Uma cartinha para o Papai Noel que pode mudar a sua vida


Querido Papai Noel,

Aqui no Brasil já estamos ansiosos pela sua chegada! Árvores prontas para receber os presentes, a música da Simone, que diz: “então é Natal, a festa cristã”, sendo repetida incessantemente, luzes, etc. Eu sei que o senhor está muito ocupado para dar conta de providenciar tudo, afinal, já estamos bem próximos do Natal e muitas crianças lhe pediram presentes.
Mas eu fui bonzinho o ano inteiro, estudei, trabalhei, ajudei várias pessoas à minha volta, enfrentei mais um ano de crise econômica e também fiz posts nas redes sociais com mensagens de gratidão. Logo, mereço o meu presente.
E meu pedido é muito simples. Não vai lhe dar trabalho algum: eu quero que todos nós, brasileiros, tenhamos oportunidades de negócios e trabalho para ganhar muito dinheiro. O suficiente para vivermos confortavelmente e felizes.
Tenho certeza de que o senhor me entende, já que a sua inspiração foi em um bispo turco chamado Nicolau, um homem de bom coração que costumava ajudar as pessoas, deixando saquinhos de moeda próximos às chaminés das casas. E é muito fácil entender porque ele dava dinheiro ao invés de bugigangas.
dinheiro pode nos proporcionar acesso à muitas coisas boas e essenciais. Precisamos de boa alimentação, um lar para morar - de preferência confortável, roupas, medicamentos, transporte, boa leitura, acesso à tecnologia, cursos, arte e cultura, viagens e por aí vai.
A falta destes bens pode tirar a nossa paz. Se não tivermos condições de comprar alimentos ou pagar despesas como aluguel, água, energia elétrica, etc., não ficaremos tranquilos. Quem consegue dormir sossegado sabendo que não honrou com os seus compromissos?
O senhor ficaria em paz sabendo que precisa de um remédio e não tem como comprá-lo? Infelizmente, as doenças existem para os pobres e ricos. Mas ter dinheiro para pagar consultas, exames e tratamentos, pode fazer toda a diferença. Logo, dinheiro pode também ajudar a construir ou recuperar a nossa saúde. 
Isso sem falar no acesso a tratamentos preventivos e viagens, que são excelentes remédios para a saúde mental. Viajar relaxa, alivia o estresse e nos coloca frente a frente com outras realidades, histórias, tradições e costumes, que agregam conhecimento e cultura às nossas vidas.
E para finalizar, eu não sei se o senhor tem acesso à internet, no Polo Norte, e está informado. Mas, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola de Negócios de Harvard, EUA, e da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, se tivermos dinheiro e soubermos gastá-lo economizando tempo para fazer aquilo que gostamos, os nossos níveis de felicidade aumentam.
Por isso, com este presente que pedi, o senhor nos proporcionará paz, saúde e muitas felicidades! E também não vai mais correr risco de vida andando de trenó, pois com um computador conectado à internet consegue distribuir os presentes, sem ter que sair do calorzinho de sua lareira.
Um grande abraço e muito obrigado!

Por Rodrigo Mancini
Economista, Mestre e Doutor em geografia econômica

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Uma cartinha para o Papai Noel que pode mudar a sua vida
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial