segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

90% dos derrames cerebrais podem ser evitados


O acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame, é a doença que mais causa mortes no Brasil e incapacidade no mundo. Ela se manifesta quando há deficiência no suprimento de sangue do cérebro ou hemorragia cerebral, causada pelo rompimento de um vaso sanguíneo.
Após sofrer um AVC, cerca de 70% das vítimas não retornam ao trabalho e 50% ficam dependentes de outras pessoas para fazer atividades básicas do cotidiano. Apesar da gravidade da doença, 90% dos acidentes vasculares podem ser evitados, informa a Agência Brasil. Por isso, é essencial se prevenir e ficar atento aos sintomas.
Os principais sintomas são alterações súbitas da rima labial (sorriso assimétrico) da força (dificuldade de erguer um dos braços) e da fala (dificuldade para entender, para falar ou fala enrolada).
Além disto, um AVC pode manifestar-se por dor de cabeça forte e de inicio súbito ou perda repentina da visão em um ou ambos os olhos, do equilíbrio, da coordenação dos movimentos ou da sensibilidade em um dos lados do corpo. 
Caso haja qualquer um destes sinais e sintomas é essencial procurar um Hospital imediatamente. O AVC tem tratamento e quanto mais cedo o atendimento maior é a chance de recuperação do paciente.             
A prevenção pode ser feita através de mudanças do estilo de vida e controle dos fatores de risco cardiovasculares. Desta forma, é importante não fumar, evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e controlar o peso através de dieta saudável e exercícios físicos regulares.
Check-ups e acompanhamento médico regular com diagnóstico precoce e controle adequado da Hipertensão, Diabetes e Colesterol também contribuem para prevenir a doença.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

90% dos derrames cerebrais podem ser evitados
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial