quinta-feira, 8 de novembro de 2018

CDL Aprendiz em Uberlândia abre duas turmas até o fim deste ano


Demanda de jovem é maior e Fundação incentiva novas empresas a serem parceiras

Por meio do Programa Jovem Aprendiz, os jovens têm a oportunidade de conseguir o primeiro emprego com mais facilidade e as empresas podem moldar esse aprendiz de acordo com o perfil necessário para o cargo e os valores da organização. Atualmente, a Fundação CDL Uberlândia conta com cerca de 128 empresas parceiras, mas o número é insuficiente frente à quantidade de jovens aguardam uma oportunidade. 
            A demanda de jovens em busca do primeiro emprego é grande. A Fundação CDL conta com 286 jovens no programa de aprendizagem divididos em 8 turmas e tem outros 7327 aguardando uma oportunidade para participar. Por isso, sempre buscamos outras empresas para participar do nosso projeto.
A Fundação CDL Uberlândia age como facilitadora no processo no recrutamento e na formação de jovens aprendizes para atuarem com mais engajamento nas empresas de médio e grande, que precisam contratar um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários.
“Realizamos o cadastro dos candidatos, fazemos a seleção e o encaminhamento dos jovens para as organizações. Além disso, administramos o programa de aprendizagem, oferecemos suporte às empresas, acompanhamento pedagógico e psicossocial, acompanhamento das atividades práticas dos jovens aprendizes para que sejam cidadãos responsáveis e bons colaboradores”, afirma a gerente executiva da Fundação CDL, Bânia Vieira Poli.
Até o fim do ano, outras duas turmas de jovens terão início nos dias 14 de novembro e 19 de dezembro, cada uma com 25 alunos. Desde o início do Programa, 1209 jovens foram inseridos no mercado de trabalho, destes 236 foram efetivados.

O processo
O papel da Fundação CDL é oferecer oportunidades de trabalho e capacitação para adolescentes entre 15 e 18 anos de idade e apoiar o empresário no cumprimento da Lei do Aprendiz.
Após o cadastro, os candidatos são convocados para o processo seletivo na sede da Fundação CDL. Na primeira etapa, os candidatos são avaliados por meio de provas de conhecimentos básicos de português e matemática, além de questões de raciocínio lógico. Vale ressaltar que, a vaga de aprendiz é definida em uma última entrevista nas empresas parceiras.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

CDL Aprendiz em Uberlândia abre duas turmas até o fim deste ano
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial