terça-feira, 27 de novembro de 2018

Alvorada Cultural reuniu cerca de mil pessoas em Uberlândia


Nem mesmo a chuva, constante em Uberlândia nos últimos dias, impediu o público de prestigiar a 11ª edição do Alvorada Cultural que, com o lema ‘Democratização, acessibilidade e sustentabilidade’, reuniu, na tarde de sábado (24), cerca de mil pessoas.
O evento, que já está no calendário anual da cidade e é uma celebração dos resultados de vários projetos sociais de arte e educação, aconteceu no Clube Cesag, bairro Alvorada, com audiodescrição e intérprete de libras durante toda a sua programação.
“Eu vim do bairro Santa Mônica para participar do evento. É a primeira vez que participo e quero voltar nos anos seguintes, com certeza. Está tudo muito legal”, expressou Ruth Neres, de 15 anos.
Entre as atrações, diversas apresentações artísticas com centenas de crianças e adolescentes de 06 a 18 anos dos projetos que são parceiros do Programa Transforma, como: Roda de Gente (canções, brincadeiras e contação de histórias); Projeto Oficinas de Artes Cênicas (Teatro e Música); CineOLHAR (mostra de audiovisual); e Orquestra Jovem de Uberlândia (Oficinas de violino e instrumentos de arco), além da apresentação de projetos de parceiros, como a Banda da ONG Ação Moradia e o Circo da Vida.
O evento contou ainda com apresentação do aclamado espetáculo Festejo da Brincadeira do Grupo EMCANTAR. 
“O Alvorada Cultural é um evento que emociona muito, pois é o momento de vermos com nossos próprios olhos a transformação que esses projetos causam na vida dos participantes e de suas famílias”, disse Maíra Ávila, que é artista e coordenadora de comunicação da Cia Cultural EMCANTAR. A Cia, além de sua atuação como grupo artístico, também trabalha na vertente social, gerindo e desenvolvendo diversos desses projetos que se apresentaram no Alvorada Cultural, em parceria com outras organizações.
“O Alvorada Cultural é resultado dessa soma de esforços em prol do interesse comum e social. É apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto Algar, em parceria com o Programa Transforma, apoio institucional do Sicoob Aracoop e realização da Roda Cultura Produções e Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura”, explicou Ávila.
Além das atrações culturais, o evento contou com serviços de atendimento nas áreas de saúde, psicologia, segurança, assistência social, esporte e acessibilidade para crianças, jovens, adultos e idosos. Tudo de forma gratuita!

Sobre o Instituto Algar
Por acreditar que a educação é o caminho que vai levar o Brasil a uma realidade melhor, o Grupo Algar investe, desde 1994, em programas sociais voltados à comunidade. A ideia é contribuir com a melhoria da qualidade da educação brasileira. Ao longo dos anos, estes programas cresceram e, em 2002, passaram a ter a gestão do Instituto Algar e uma atuação em três dimensões: social, ambiental e cultural. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Alvorada Cultural reuniu cerca de mil pessoas em Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial