terça-feira, 2 de outubro de 2018

Indicadores de Exclusão Cultural no Brasil são preocupantes


Projetos sociais, como o ‘Transforma – Oficinas Artes Cênicas’, buscam transformar essa realidade em Uberlândia (MG).
Projeto Artes Cênicas no Festival Timbre - Crédito Aline Reis
Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 92% dos brasileiros nunca frequentaram museus; 93% jamais frequentaram qualquer exposição de arte; 78% nunca assistiram a um espetáculo de dança; e apenas 13% frequentam cinema alguma vez por ano.
Em se tratando de leitura, a situação também é crítica, pois o brasileiro lê em média 1,8 livros por ano, enquanto na Colômbia o índice é de 2,4 livros per capita/ano e na França são sete livros per capita/ano. Para piorar um pouquinho, no Brasil, 73% dos livros estão concentrados nas mãos de apenas 16% da população.
Esses são apenas alguns dados que sinalizam o quanto precisamos avançar no quesito inclusão cultural. Para dar conta dessa transformação urgente, a parceria entre iniciativa pública e privada por meio de projetos socioculturais tem sido fundamental.
Em Uberlândia (MG), 120 crianças e adolescentes tiveram acesso a espetáculos pela primeira vez por meio do Projeto Transforma – Oficinas de Artes Cênicas, que atende alunos da rede pública no contra turno escolar.
Lara Mariana, de 13 anos, é aluna do Projeto e conta que nunca tinha estado em um teatro antes. “Não sabia como era. Mas, agora, só nesse ano em que vim para o Projeto, já fui duas vezes com a turma para assistir a um espetáculo de dança e outro de música no Teatro Municipal de Uberlândia. Achei muito bom, gostei demais, achei tudo diferente, organizado e bonito”, disse.
Entre as contrapartidas do Projeto, estão passeios a espaços culturais para visitação e também para apresentação, pois durante as oficinas os alunos desenvolvem seu próprio espetáculo para ser compartilhado com a comunidade.
“Já realizamos seis passeios a espaços culturais para que os alunos tenham acesso a espetáculos de teatro, dança, música, etc. Também apresentamos cinco espetáculos próprios criados coletivamente durante as oficinas do Projeto, e que envolvem teatro, expressão corporal, cenário, figurino, técnica vocal, instrumentos de percussão e brincadeiras populares”, conta a oficineira, Luciene Andrade.
O Projeto Transforma – Oficinas de Artes Cênicas é realizado pelo EMCANTAR Social, em parceria com Programa Transforma, e patrocínio do Instituto Algar, por meio das Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e Lei Rouanet.

Veja mais dados do IBGE sobre a exclusão cultural no Brasil:
Perfil dos municípios brasileiros:
- 90 % não têm salas de cinema;
- 77 % não têm teatros;
- 75 % não possuem museus;
- 75 % não têm livrarias;
- 66 % não possuem centros culturais;
- 86 % não têm secretaria exclusiva de cultura;
- 98 % não têm órgão da administração indireta para a área.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Indicadores de Exclusão Cultural no Brasil são preocupantes
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial