terça-feira, 4 de setembro de 2018

Souza Cruz escolhe seus trainees 2018 depois de recorde de 30 mil inscritos no programa


A engenheira elétrica Iasmin Tavares, de Uberlândia

 Quinze jovens recém-formados de seis estados formam a turma 2018 do Global Graduate, que seleciona anualmente os novos trainees da Souza Cruz. A edição deste ano foi a mais concorrida desde a criação do programa: foram 30 mil inscritos, ou seja, dois mil candidatos por vaga. Os integrantes do Global Graduate são do Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Espírito Santo e já estão na companhia. 
A engenheira elétrica Iasmin Tavares, de Uberlândia, faz parte do seleto grupo de Global Graduates da Souza Cruz e não esconde a empolgação com os novos desafios: “A oportunidade de assumir uma posição de gerência após o fim do programa, além do investimento que a empresa faz na nossa carreira e a característica do programa de oferecer muita atividade prática são fatores que me motivam muito”.
Após passar por uma indução na matriz, no Rio de Janeiro, Iasmin e os demais trainees seguiram para as unidades da Souza Cruz em diferentes estados. A agenda de indução inclui as três usinas, o interaction center e o product center, todos no Sul, além da fábrica, em Uberlândia. Depois, cada global graduate passa um mês em um dos centros de distribuição, junto com a equipe de vendas. Os graduates participam ainda do BAT Academy, que acontece na Inglaterra e reúne trainees de todo o grupo BAT, holding da Souza Cruz. O programa tem duração de 12 meses e, ao final, os 15 trainees serão alocados em posições em suas respectivas diretorias, onde já deverão assumir funções gerenciais.
Reconhecida como #1 na certificação do Top Employers, #11 no ranking das 50 empresas mais amadas do Love Mondays e certificada com o selo da Great Place to Work, a Souza Cruz selecionou seis engenheiros, dois jornalistas, dois advogados, um agrônomo, um economista, um administrador, um bacharel em Relações Internacionais e um em Marketing.
“O Global Graduate 2018 é muito simbólico porque marca uma mudança da empresa na seleção de seus novos talentos. Fiéis ao nosso posicionamento de marca - ‘A diferença faz a gente. E a gente faz a diferença`-, buscamos colaboradores com histórias e formas de pensar diferentes, variadas geografias, repertórios que se complementam e vão contribuir de maneira fundamental para nosso futuro”, afirma o diretor de Recursos Humanos, Harry Vargas. Dos 15 novos trainees, 9 são mulheres e 6 homens, sendo 64% brancos, 14% pardos e 21% negros.
Clara Bravo, com formação em Recursos Humanos, é Global Graduate da turma de 2017. Antes mesmo do fim do programa, ela recebeu um convite para uma experiência profissional de seis meses em Londres, na sede da BAT.  “Desde o primeiro dia na corporação o trainee já é exposto a situações reais de negócios, desafios e experiências em que deve atuar como um líder. Isso é um grande benefício do programa, pois ao mesmo tempo em que recebemos um desafio, temos suporte de mentores, coachs e gestores para a tomada de decisões e desenvolvimento de projetos”.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Souza Cruz escolhe seus trainees 2018 depois de recorde de 30 mil inscritos no programa
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial