sexta-feira, 14 de setembro de 2018

SOSPet chega ao 12º Mutirão de Castração neste Domingo



O programa de Controle Populacional de Cães e Gatos atrai voluntários e recursos pela inovação da proposta e seriedade dos envolvidos.

Neste domingo, 16 de setembro, acontece o 12º mutirão de castração promovido pela SOSPet, o 10º em parceria com o Hospital Veterinário Franciscano, que desde o início da proposta do Instituto, em implantar o Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos, abraçou a causa. “É uma forma mais inteligente de ajudar, porque não adianta só tratar os animais de ruas, é preciso agir na causa evitando que a população de animais abandonados cresça”, ressalta o médico veterinário, Dr. Gustavo Ferreira Mota, diretor do hospital.
A parceria promove o mutirão de castração um domingo por mês. O Hospital disponibiliza o espaço, profissionais para os procedimentos cirúrgicos e todo o respaldo necessário, como exames e acompanhamento. A ONG seleciona os animais inscritos pelo e-mail da ONG: sospetuberlandia@gmail.com, com foco nos animais de resgate, adotados e sem raça definida (SRD), cuidados por protetores independentes. E faz inúmeras campanhas para arrecadação de recursos para cobrir as despesas da ação.
As castrações não são gratuitas. Os responsáveis pelos animais contribuem com um valor bem abaixo do cobrado no mercado para subsidiar as despesas da operação com medicamentos e materiais cirúrgicos.
Parceiros e apoiadores são fundamentais para a realização deste propósito, segundo Henrique Silva, diretor do Instituto SOSPet: “Vamos completar 500 animais castrados com o Hospital Veterinário Franciscano, um dos primeiros apoiadores do SOSPet que viabilizou o início dos mutirões. Sem apoiadores, contribuição financeira e apadrinhamento de castrações, nada aconteceria. Não temos condição de fazer gratuito por não termos nenhum recurso público envolvido. É tudo particular e feito com a contribuição e a doação financeira das pessoas que são beneficiadas pelo programa de controle populacional de cães e gatos que implantamos”.

Os Desafios de Ser Um Parceiro da Causa Animal
Desde a abertura do Franciscano em 2013, o médico veterinário se propôs a ajudar aos animais de rua, mas, reconhece a dificuldade da proposta: “tem muita gente que acha que por sermos veterinários temos obrigação de atender sem custos, por amor à profissão. Diversas clínicas e veterinários vivenciaram situações deste tipo, quando não podia atender, da forma como o protetor queria, eram desrespeitados e agredidos nas redes sociais. Por isso, abrimos uma associação de médicos veterinários e clínicas particulares para barrar os abusos de alguns protetores de animais”.
Além da falta de reconhecimento e abuso de alguns, Gustavo Ferreira aponta o aumento de pessoas que aderem a ação com interesse pessoal em detrimento da causa animal. “É uma causa nobre, que chama a atenção. Observei que muitos agiam para serem vistos e para se promoverem em campanhas políticas. Então, decidi selecionar as pessoas que realmente estão interessadas em ajudar, com foco na saúde e bem estar dos animais. Vejo o total envolvimento da SOSPet em transformar a situação dos animais de rua sem nenhum interesse pessoal”.

Evento: 12º Mutirão de Castração
Data: Domingo - 16/09 a partir das 8 h
Realização: Instituto SOSPet
Parceiro Hospital Veterinário Franciscano
Local: Hospital Veterinário Franciscano
Praça Michel Curi, n° 252, Bairro Lídice (no pé do viaduto Duque de Caxias)
Inscrição para as próximas edições: entrar em contato pelo e-mail: sospetuberlandia@gmail.com ou WhatsApp 9 9919 7368

Compartilhar

Postagens Relacionadas

SOSPet chega ao 12º Mutirão de Castração neste Domingo
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial