sábado, 22 de setembro de 2018

A importância dos ensaios de segurança para o processo de desenvolvimento de brinquedos e artigos de puericultura


Erica Missiato

 Os brinquedos e artigos de puericultura exercem um papel fundamental no desenvolvimento infantil, sendo parte essencial da rotina de crianças e bebês. Desta forma, é natural a preocupação, sempre crescente, em oferecer o máximo de segurança e conforto para garantir o bem-estar dos pequenos em todos os momentos do dia.
No Brasil, desde 1998, é obrigatória a certificação Inmetro para a fabricação e/ou comercialização de brinquedos destinados a crianças menores de 14 anos. O processo de avaliação da conformidade dos itens é regulamentado pela Portaria Inmetro 177, criada para preservar a saúde e a integridade física das crianças. Segundo ela, as empresas têm que submeter seus produtos aos testes de qualidade e segurança, visando à obtenção do selo de qualidade, antes de colocá-los à venda. Como o processo de certificação passa por constante aperfeiçoamento, a partir de dezembro de 2018, o mesmo passará a ser regulamentado pela Portaria 563/2016.
Em função da legislação, a condução de ensaios para atestar a segurança de brinquedos e itens de puericultura já é considerada um procedimento padrão para o mercado que atua dentro da legalidade no País. Porém, é costume de muitos fabricantes submeterem à avaliação somente a versão final de suas criações, já acabadas e em linha de produção.
Poucos empresários enxergam as inúmeras vantagens de investir em ensaios preliminares, realizados ainda durante o processo de desenvolvimento do produto. Nesta fase, os resultados podem contribuir para a correção de possíveis falhas, ainda nas primeiras etapas, economizando tempo, esforço e dinheiro. Entre os aspectos averiguados estão: inflamabilidade, presença de metais pesados, resistência, mecânica e diversos outros.
A condução de testes preliminares é especialmente importante quando a empresa investe em um formato ou conceito inovador, ou então quando trabalha com novos fornecedores. Aguardar para submeter à avaliação somente o produto concluído pode custar muito caro em termos de investimento e gerar atrasos no cronograma de lançamento.
Neste cenário, os pré-testes, como também são conhecidos, se tornam uma ferramenta bastante útil para que a equipe de desenvolvimento tenha mais fundamentos para guiar seu trabalho durante a criação de um novo produto. Além de um mecanismo importante para a competitividade entre as empresas, na medida em que auxilia na otimização dos recursos empregados pelo departamento de criação e desenvolvimento.
Algumas companhias especializadas em testes, inspeções e certificações já atuam inclusive fora do País, como é o caso da Intertek, permitindo que empresas brasileiras que optem pela importação possam realizar os testes para brinquedos no exterior. O produto importado pode chegar ao País já com a certificação, pronto para a comercialização.

* Erica Missiato é Gerente de Soft & Hardlines da Intertek, líder global no segmento de testes, inspeções e certificações, atuante em mais de 100 países (erica.missiato@intertek.com)

Compartilhar

Postagens Relacionadas

A importância dos ensaios de segurança para o processo de desenvolvimento de brinquedos e artigos de puericultura
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial