terça-feira, 21 de agosto de 2018

Escola Livre do Grupontapé de Teatro anuncia selecionados e programação do 8º Festival Cenas Curtas de Uberlândia


Evento será realizado entre os dias 22 a 25, na própria Escola. 

A Escola Livre do Grupontapé de Teatro divulgou os nomes dos artistas e grupos, que foram selecionados para participarem da 8ª edição do Festival Cenas Curtas de Uberlândia. O evento, que é gratuito, será realizado entre os dias 22 e 25 de agosto, no espaço da Escola Livre, localizado na Rua Tupaciguara, 471, no bairro Aparecida.
Ao todo, o Festival recebeu 21 inscrições, sendo 10 propostas de oficinas e 11 propostas de cenas. “Isso demonstra que os artistas de Uberlândia, apesar do estado de coisas que vivemos e com pouco incentivo à cultura, ainda continuam produzindo arte”, avalia uma das coordenadoras da Escola Livre, Juliana Nazar.
Neste ano, a comissão, que selecionou os trabalhos para o Festival, contou com a própria equipe da Escola Livre do Grupontapé de Teatro e colaboradores de parceiros do Grupo.  Participaram da seleção: Eduardo Moreira (Grupo Galpão- Belo Horizonte - MG), Juliano Pereira (Grupo Teatro da Pedra – São João Del Rei-MG) e Ângela Ribeiro (São Paulo - SP).
As cenas e oficinas foram selecionadas conforme critérios estabelecidos pela organização do festival para cada atividade.
As cenas, que serão apresentadas gratuitamente ao público, são: “PRETUme”, “Confins”, “Chica Par(t)indo”, “Sorteasua” e Stand Up. Já as oficinas, que também serão gratuitas, são: Oficina de encenação, que será conduzida por Rafael Michalichem e Oficina Re-inventando Memórias - Lembranças de Sabedô, que será ministrada por Cláudia Miranda.

Programação do Festival
No dia 22, haverá o bate-papo entre os grupos selecionados, artistas, companhias e público em geral sobre (Re) existência. As oficinas serão realizadas das 19 às 22 horas, nos dias 23 e 24. Já as apresentações das cenas serão no dia 25, às 20 horas. Para assistir aos espetáculos, o público receberá senha, por ordem de chegada. Assim também será feito para a participação nas oficinas.

Serviço
O quê: 8º Festival Cenas Curtas de Uberlândia
Quando: 22 a 25 de agosto de 2018
Onde: Escola Livre do Grupontapé de Teatro (Rua Tupaciguara, 471. B. Aparecida)
Ingressos: Gratuitos

Programação e Sinopses
Dia 22/08 – Bate-papo entre os grupos selecionados, artistas, cias e público em geral sobre (Re) existência
Dias 23 e 24/08 das 19:00 às 22:00 – Oficinas gratuitas – Inscrições na hora, por ordem de chegada.

Sobre as oficinas
Dia 23/08 - Oficina de encenação
Ministrante: Rafael Michalichem |Público-alvo: Artistas, diretores, encenadores e estudantes de teatro.
A oficina visa tocar pontos básicos de encenação como análise de disparadores dramatúrgicos (textuais ou não), elaboração de conjunto sensorial do espetáculo, organização de equipe e produção, tomada de decisão e o olhar refinado e sensível para o material que se desenvolve.

24/08 – Oficina Re-inventando Memórias - Lembranças de Sabedô
Ministrante: Cláudia Miranda |Público-alvo: Público em geral, prioritariamente acima de 60 anos.
O “Projeto Re-inventando Memórias - Lembranças de Sabedô” trabalhará a linguagem teatral partindo da respiração e conexão do indivíduo consigo mesmo (escuta - corpo- voz - movimento) para, depois, partir para a pesquisa de pessoas – lugares - cheiros e instantes a serem relembrados e recriados e em sequência partirão para o jogo e a elaborarão de possíveis materiais cênicos.

Dia 25/08/2018 – APRESENTAÇÕES CENAS CURTAS
19h00 – 23h00 - Espaço de convivência com Feirinha Cultural
20h00 – Apresentações das Cenas (distribuição de senhas 1h antes)
Entrada franca – Distribuição de senhas 1h antes do início

Cenas
Indicação: Livre
Título: PRETUme
Sinopse: Num espaço-tempo, permeando-se pelas grandes navegações e no período da escravidão no Brasil, na ótica do negro sob a sociedade e nas referências sonoras e corporais das matrizes africanas, busca-se uma confluência entre o que veio pelo mar, com o que há na terra e nasce assim uma narração existencial e poética do espetáculo - PRETUme.
Ficha Técnica: Criação, Dramaturgia, Composições e Sonoplastia e Direção: Bruno Oliveira

Título: Confins
Sinopse: O sonho vendido a custo de suor do cabo da enxada. História bordada com carinho pelas mãos de quem viveu e cuidou dos filhos que logo cresciam e ali não tinham por aonde andar, e era, na cidade, virar doutor que queriam restar. Mas, Teodomiro resolveu ficar. E nos confins de seu coração-casa, há poeira das memórias que viveu desde a sua infância. Até que, um dia, os homens das botinas sujas de veneno resolveram tirar dele o único resto que lhe faltava: seu lar.
Ficha Técnica: Direção: Edson Fernandes Atuação: Mário Cortês Dramaturgia: Mário Cortês Produção: Luciano Pachionni Comunicação: Verônica Bizinotto Direção de arte: Edson Fernandes Cenografia: Edson Fernandes Fotografia e Filmagem: A-Mostra.LAB Figurino: O coletivo Música: João Eduardo

Título : “Chica Par(t)indo”
Sinopse: Uma palhaça nascida em Presidente Olegário-MG e que deseja dar à luz junto aos seus, na roça, pois Minas Gerais não é qualquer lugar. É lugar de trem e de estradas tortas, montanhas, de terra vermelha e sol do cerrado. A cena abordará ritos de passagem e momentos de transformações do ser humano, tendo como mote principal a proximidade do parto da atriz protagonista. Chica Benta está em um ambiente de espera para embarque, está gestante e a qualquer momento seu bebê pode vir ao mundo, mas ela espera que esse momento aconteça quando ela chegar ao seu destino e reencontrar os seus, mas... A palhaça realiza um jogo de improvisação a partir do encontro com o público, questionando ao público se eles já pariram? O que eles precisam parir? Quais máscaras têm que retirar para se mostrarem inteiros e conseguir parir? A sabedoria popular diz que quando a mulher dá à luz num parto natural, ela se “torna” um animal, conecta-se com a natureza. No meio do espetáculo, as dores do parto fazem com que a atriz/palhaça traga à cena sua bufona, pronta para questionar e se revelar, mostrar suas fraquezas e seus medos. Tudo o que vai aparecendo durante as cenas vai acessando as memórias e revelando dados de sua trajetória: uma moça que saiu da roça rumo à cidade grande para se tornar uma grande atriz. Aborda a importância de retornar as suas origens, de valorizar e a respeitar sua trajetória, seu passado, seus antepassados e da importância de continuar sua caminhada respeitando e integrando o seu passado e valorizando o tempo presente o aqui e agora.
Ficha Técnica CONCEPÇÃO/ATUAÇÃO: Chica Benta/Amanda Aloysa OPERAÇÃO DE LUZ: Ronan Vaz OPERAÇÃO DE SOM: Lucas Mali

Título: SORTEASUA
Sinopse: Com texto inspirado no Cartoon On a Plate de Toby Morris, num jogo cênico pautado pela popular brincadeira de boteco “quem Sou eu”, a cena SORTEASUA propõe um olhar sobre as falácias da meritocracia. Três sujeitos, a si mesmos e ao sistema, aguardam a virada do ano e comungam desejos, relatos e uma cartela da Mega Sena. Enquanto a contagem regressiva se aproxima, os atores – mesclando cenas dramáticas e narrativas – entrelaçam histórias de resistência, poder e limitação, perpassando discursos sobre classe, etnia, herança e abuso como mobilizações de suas experiências até o presente da ação dramática. A montagem, com base nos princípios de atuação pelos Viewpoints e uma dramaturgia autoral e atorial, combina aspectos de um Teatro Dramático e Narrativo ao abordar as dimensões do poder e do Capital sobre o paradigma da “realização pessoal” nas microrrelações.
Ficha Técnica: Texto: Rafael Lorran Elenco: Maria De Maria, Jarbas Siqueira, Thiago DiGuerra Diretor\Provocador: Jarbas Siqueira Operação de Luz: Luciano Pacchioni Fotos: Dila Puccini Registro de vídeo: Marco Túlio Zerlotini (Produção La Movida In Box)

Título: Stand up
Sinopse: Um convite sensorial: vivências diárias de uma travesti palhaça atriz. Um cotidiano sonoro, onde gargalhadas, raiva e nojo se fazem presente.
Ficha Técnica: Atuação e direção: Marina Silvério / Produção: Rubia Bernasci


Compartilhar

Postagens Relacionadas

Escola Livre do Grupontapé de Teatro anuncia selecionados e programação do 8º Festival Cenas Curtas de Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial