segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Atrativos de Minas para investimentos na indústria Agro é um dos destaques no CITIES


O estado de Minas Gerais foi considerado, pelo FDI Latin American States of the Future 2018/19, com o 2º melhor estado do Brasil em estratégia para Atração de Investimentos. Por sua importância o tema ganha destaque no CITIES - Congresso Internacional de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade que traz no dia 28 de agosto uma palestra sobre a atração de investimentos para indústrias do Agro. A explanação do assunto será feita pela analista de negócios, da Gerência de Atração de Negócios e Investimentos do Sistema FIEMG, Samira Torres e pela Gerente de Atração de Negócios e Investimentos da Fiemg, Junia Cerceau.
         Entre os temas que serão discutidos estarão: o diferencial competitivo do estado para atração de investimentos no setor, movimentos de mercado, megatendências do agronegócio, oportunidades de investimento além do apoio da FIEMG para atração de investimentos.
            Para que haja interesse dos investidores industriais e tecnológicos por Minas Gerais, a gerente de atração de investimentos da Fiemg, Junia Cerceau, explica que além de ter uma rede de parceiros regionais, estaduais e federais, também é necessário identificar e prospectar potenciais investidores através de reuniões, feiras e missões, apresentando o potencial do país e do estado na atração de investimentos. Outra maneira, orienta a gerente, é por facilitar a instalação de novos empreendimentos industriais e contribuir para a competitividade da indústria, apoiando projetos de investimento complexos que exijam o desenvolvimento de um ecossistema de fornecedores, inovação ou até mesmo infraestrutura. Não mais importante que as outras, é preciso compreender a demanda do investidor e articular serviços.
            Todas estas ações são possíveis com o apoio de uma assessoria customizada para atração de investimentos, em áreas como tributos, licenciamento ambiental, questões trabalhistas, energia, etc; através da construção de propostas de valor, promovendo conexões com fornecedores e parceiros, e articulando obtenção de financiamento e a concepção de ambientes pro business.

A fortaleza de Minas
        Quando se fala em atrair investimentos de impacto para a transformação e aumento de competitividade da indústria mineira, não se pode deixar de destacar sua grandiosidade em números.
        O Estado conta com uma relevante concentração de universidade, sendo 11 federais, 45 privadas e duas estaduais. E não para por aí. A gerente de Atração de Investimentos, Junia Cerceau, conta os atrativos do Estado. “Minas Gerais tem um ambiente de inovação e tecnologia consolidado. São 21 milhões de habitantes, detentor de 9% do PIB nacional, maior do que o PIB da Hungria e de 10,7% dos empregos na indústria brasileira, sendo assim a segunda maior força de trabalho na indústria de transformação no Brasil. Um estado que mostra potencial para quem deseja investir”, enfatiza.
            Além de sua localização estratégica, quando se fala em relevância nacional, Minas é o segundo maior mercado consumidor de energia no Brasil, possui 10% das empresas de TI, com mais de 3.300 corporações. O estado é o maior produtor e exportador mundial de café, com 53% da produção de minerais metálicos do país e possui um dos principais clusters de ciências da vida da América Latina.

Megatendências na agroindústria
            No entanto, quando se fala em megatendências e seus impactos na agroindústria, não se pode deixar de levar em conta as mudanças demográficas, a urbanização acelerada, o deslocamento do poder econômico, as mudanças climáticas e escassez de recursos e os avanços tecnológicos. “As megatendências estão mudando a forma de fazer negócios, gerando oportunidades, novas demandas e mercados. Com elas também surge o novo consumidor”, afirma a analista de negócios, da Gerência de Atração de Negócios e Investimentos do Sistema FIEMG, Samira Torres.
            São preocupantes as mudanças demográficas e sociais que afetarão diretamente o agronegócio. A população mundial deve atingir 9,8 bilhões em 2050. Com o aumento da população, cresce também a necessidade de mais alimento. E a demanda crescente de 70% de aumento na produção mundial de alimentos até 2050 também serve de alerta. Isso porque haverá escassez de mão de obra nas áreas rurais, desafios para distribuição.
          Além do mais, até 2050, sete dos dez países com maior crescimento projetado do Produto Interno Bruto (PIB) estão na Ásia (Bangladesh, China, Índia, Filipinas, Malásia, Paquistão e Vietnã). Mais alimento terá que se deslocar para estas regiões. Isso exigirá aumento da produção local e comércio internacional, aumento das regulamentações e legislações, visando melhorar os padrões de segurança e de qualidade. “Como a tendência é cada vez menos chuva, já é necessário produzir mais com menos, repensar a agricultura de precisão não como um método complementar, mas como uma nova forma de gestão, usar de forma mais eficiente os meios de produção, incrementar a produtividade agrícola, e novos players no agronegócio, para desenvolvimento de softwares e aplicativos, e novos modelos de negócios”.
       Sem sombras de dúvidas, explica Samira Torres, são novos consumidores, novas realidades e oportunidades de negócios. “Pessoas buscam por alimentos saudáveis, funcionais, sustentáveis e personalizados e para isso é preciso que haja melhor distribuição, disponibilidade e deslocamento dos alimentos, com mais valor agregado, com padrões de qualidade e segurança dos alimentos, tecnologias digitais e tecnologias disruptivas, alternativas de modelos de negócios, a exemplo a economia circular e recursos naturais, fontes alternativas de energia e redução do uso de insumos. Levando em conta toda as informações de tendências apresentadas, as oportunidades disponíveis, somadas ao apoio da FIEMG ao investidor fica evidente o grande potencial do estado para atrair cada vez mais investimentos no agroindústria”, conclui.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Atrativos de Minas para investimentos na indústria Agro é um dos destaques no CITIES
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial