terça-feira, 31 de julho de 2018

Quase 60% dos consumidores devem presentear no Dia dos Pais, revela pesquisa da CDL


O crescimento nas vendas para 60% dos entrevistados será de até 5%

Embora os consumidores estejam sensíveis aos efeitos da recessão e do desemprego, o percentual de pessoas que devem ir ás compras no Dia dos Pais é positiva. Um levantamento realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia revela que 57,9% dos moradores de Uberlândia têm a intenção de comprar presentes na data. Os que não manifestaram a intenção de comprar presentes somam 42,1%. 17,9% dos entrevistados pretendem comprar acessórios (relógios, cintos, perfumes), 11,5% irão presentear os pais com viagem e 14,1% optarão pelos eletrônicos.

Preço do presente e pagamento
     A maior parcela dos entrevistados que irão presentear (40,5%) pretende gastar R$51,00 a R$100,00. “O consumidor está cauteloso para consumir e é importante oferecer vantagens como maior prazo para parcelamentos e descontos”, afirma o presidente da CDL, Cícero Heraldo Novaes.
   Com relação à forma de pagamento, a maioria dos entrevistados (41,8%) mostra preferência pelo pagamento à vista, em dinheiro. O pagamento via cartão de crédito, seja em parcela única ou mais de uma parcela, será escolha de 34,2%. Outros 19% optarão pelo cartão de débito e 5,1% pagarão com cartão da própria loja.
   O shopping centers se destaca como o principal local de compra para 43% dos entrevistados. Logo em seguida estão as lojas de rua (35,4%). As lojas online devem ser a preferência de apenas 11,4% dos compradores. Outros 10,1% comprarão no comércio do próprio bairro.
      “É importante planejar as datas comemorativas com antecedência para obter resultados positivos. O dia dos pais é uma excelente oportunidade para movimentar os segmentos de produtos e serviços específicos ao público masculino, já que os filhos se esforçam para presentear e agradar os pais. A dica é realizar ações específicas no ponto de venda para surpreender os consumidores e sugerir opções de kits com o valores convidativos, entre outos”, disse Cícero.

Expectativa dos empresários
    A pesquisa também apontou a expectativa dos empresários. A maioria 69,2% espera um crescimento nas vendas em comemoração ao dia dos pais (12/08) e 30,8% acreditam na estabilidade. O crescimento para 60% dos entrevistados será de até 5%. Apenas 40% torcem por um crescimento de 5% a 10%.

Horário do comércio
   Segundo o levantamento, na semana que antecede a data, 92,3% das empresas associadas que foram entrevistadas abrirão em horário normal e 7,7% estenderão até às 19h ou 20h. No sábado, véspera da comemoração a grande maioria dos entrevistados pretendem exceder o horário, mas fecharão antes das 19h. No domingo (12), a grande maioria dos entrevistados (84,6%) não abrirão suas lojas, e outros 15,4% funcionarão até ás 12h.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Quase 60% dos consumidores devem presentear no Dia dos Pais, revela pesquisa da CDL
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial