segunda-feira, 30 de julho de 2018

Festival Minas Music recebe e encanta cerca de 1,5 mil pessoas

O evento reuniu as bandas vencedoras, talentos da cidade e grande show com Lô Borges 

Em uma noite regada de muita música boa e diversão pra todos os gostos, o show de encerramento do Festival Minas Music levou centenas de pessoas ao estacionamento do Uberlândia Shopping, no último sábado (28). O pôr do sol ao fundo do palco foi o show à parte e compôs o cenário para a apresentação das quatro bandas vencedoras do Festival. A noite teve seu desfecho com chave de ouro, com a apresentação do cantor e compositor mineiro Lô Borges, que relembrou os tempos de “Clube da esquina” e outros grandes momentos de sua carreira ao lado de fenômenos da música brasileira, como Milton Nascimento.
A primeira a subir ao palco foi Duda In The Sky. A uberlandense recebeu mais de 1,3 mil votos e foi a escolhida pelo voto popular para representar a segunda maior cidade do estado no palco do Minas Music. Em seu primeiro show, Duda não escondeu a emoção. "Foi meu primeiro show e não tinha forma melhor para eu começar minha vida, de fato, no mundo da música. O pôr do sol foi um show a parte e me deixou ainda mais feliz por estar aqui. Eu sou apaixonada por música e é muito bom ver que consigo tocar as pessoas com meu trabalho", ressalta Duda.
Vindos de Belo Horizonte, a banda Zevinipim animou a noite da galera com um show autoral e outras grandes músicas que marcaram o cenário musical brasileiro. “Nosso trabalho é mais desenvolvido em turnês internacionais que fazemos. Não tocamos em muitas cidades no Brasil fora de BH. Então, além de dividir o palco com grandes talentos de Minas Gerais, e o próprio Lô Borges, nós gostamos demais de estar aqui em Uberlândia e fomos muito bem recebidos. Espero voltar”, salienta o vocalista da banda, Zé Mauro.
Vindos de Uberaba, a banda Sala 14 conquistou os uberlandenses com a voz doce e inigualável de Isadora Lyrio. Em seu show, a banda apresentou os trabalhos autorais e relembrou alguns dos talentos que inspiraram o grupo. "Foi muito bom estar aqui e ver as pessoas prestigiando nosso trabalho. Esses eventos são ótimos e nos dão boas oportunidades de abrir portas para outros trabalhos", enfatiza a vocalista.
Fechando a apresentação das bandas vencedoras e antecedendo o show de Lô Borges, a banda Daparte, de Nova Lima, fez um show envolvente para o público e apresentou alguns dos seus trabalhos. “A gente nunca tinha vindo tocar em Uberlândia e acredito que o show de hoje foi muito bom. A gente sempre toca em lugares que as pessoas já conhecem nosso trabalho, e às vezes, precisamos ir além e levar nosso som para lugares que ainda não fomos, como foi o caso aqui. Sem contar que esses festivais sempre têm um retorno ótimo para nós. Depois dos shows, as pessoas procuram a gente e elogiam nosso trabalho. Isso é muito gratificante”, salienta João Ferreira, vocalista da banda.
O ápice do evento e tão esperado momento foi quando Lô Borges subiu ao palco e apresentou seu show para centenas de pessoas, que se apertavam frente ao palco para a oportunidade de estar um pouco mais perto de um dos maiores cantores e compositores brasileiros. Trem Azul, Paisagem da Janela e Clube da Esquina 2 foram alguns dos seus grandes sucessos que embalaram a noite dos uberlandenses.
Além dos vencedores e Lô Borges, o Festival contou com o com do DJ Ávner que abriu a programação musical, e a apresentação do show “Born to be UAI”, em uma homenagem à músicas consagradas com interpretação de Laura Rogalli, Arthur Xará, Juliana Gomes, Renes Valentini, Edson Denizard, André Lopez e Élcio Andriani.

Gastronomia e artesanato
Além dos shows, o evento contou com amplo espaço para quem gosta de uma boa cerveja artesanal e comida gourmet. Famílias aproveitaram o momento para curtir uma noite agradável com comida e música de qualidade. Sanduíches, churros e outras comidas especialmente preparadas com ingredientes típicos de minas compuseram o cardápio do evento, que ainda contou com feira de artesanato com 15 expositores de diversos produtos, tatuagem e body piercing.
Para Carlos Magno D'Armada, assessor de imprensa do Guaraná Mineiro, empresa patrocinadora e incentivadora da cultura, o evento tem crescido ao longo dos anos e melhorado cada vez mais. "Este ano merece até um elogio a mais, pois parece que tudo estava a favor do evento. O sol, o clima, sem contar aquela lua linda que enfeitou a noite de shows. O novo formato também, com oportunidade de outros estilos musicais, abriu oportunidade para outros talentos serem descobertos. Gostei muito da estrutura. A feira de artesanatos tinha objetos muito legais e a praça de alimentação estava convidativa", finaliza o assessor.
Para que tudo se tornasse realidade, o evento teve o esforço e dedicação da empresa Viva Marketing, que organizou e cuidou de cada detalhe, pensando sempre na valorização da música brasileira, assim como na cultura mineira. “A gente fica muito feliz, pois quando tudo passa a gente viu que saiu como o previsto e, às vezes, até muito mais do que esperávamos. O som das bandas foi bem aceito pelo público, que aplaudia de pé a cada final de música. A gente fica feliz de dar essa oportunidade para as bandas e espera que seja o pontapé para um futuro melhor ainda, e ficamos satisfeitos de proporcionar esses momentos de lazer e cultura para Uberlândia”, finaliza a diretora da Viva Marketing, Antonia Nunes.
O Minas Music é apresentado pelo Guaraná Mineiro por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e conta com o apoio do Uberlândia Shopping, Bianco e rádio Mix FM. A realização é da Viva Marketing – Eventos e Cultura.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Festival Minas Music recebe e encanta cerca de 1,5 mil pessoas
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial