sexta-feira, 22 de junho de 2018

O novo papel do profissional de Recursos Humanos nas empresas


Como tudo está em constante alteração no mundo com a área de RH não é diferente. É preciso uma profunda mudança de mindset. É necessário sentir o novo e começar a analisar as questões por um ponto de vista mais amplo.
As pessoas, suas emoções, suas percepções continuam sendo parte essencial das empresas. A velocidade das mudanças, o impacto das mídias sociais no dia a dia das pessoas e o papel, cada vez mais decisivo dos consumidores, está conduzindo a área de RH para um cenário mais amplo, mais reflexivo.
Não basta entender de pessoas. É preciso, também, entender do negócio, conhecer clientes, gaps, cenários. Isso mesmo, o papel do profissional do RH também está mudando. E muito.
Cada um de nós hoje tem mais poder sobre a informação, mais possibilidades de escolha e, principalmente, mais independência e poder de análise crítica. A tecnologia vem impactando de maneira muito contundente as empresas e as pessoas. Os processos estão, cada vez mais, automatizados e isso afeta diretamente os relacionamentos interpessoais. Mas afinal, o que podemos esperar desta função? Do novo profissional de RH?
O ponto é que o escopo desta área foi ampliado. O que as empresas esperam do novo profissional é prioritariamente mente aberta para o novo, para as transformações pelas quais as empresas precisam passar. Na verdade este novo profissional precisa ser o grande provocador das mudanças.
Práticas como home-office, recrutamento e seleção virtuais, o novo conceito de trabalho por projetos, são alguns exemplos claros de como o mundo está mudando e o Rh precisa acompanhar e desbravar esse mundo novo.
Se você não entende as principais demandas da área de vendas, como irá contratar o profissional adequado? E mais, se você não está totalmente em sintonia com o planejamento estratégico da empresa, como será possível ter os melhores profissionais alinhados aos desafios do futuro da companhia?
Por isso é imperativo que o profissional de RH ocupe um papel maior dentro da empresa. Ele precisa entender o todo para opinar com firmeza e apoiar no que for necessário.
Outro atributo que precisa estar na veia é a Inovação. Adotar novas tecnologias, metodologias, sempre orientado para o simples, que entrega agilidade e qualidade. Desenvolver e analisar indicadores de desempenho e resultados que contribuem para o aumento da performance do time.
Os desafios são enormes e, provavelmente, o caminho será difícil de ser trilhado.
Mas, por outro lado, será muito prazeroso para todos os envolvidos construir essa nova postura de pensamento estratégico para atender às pressões do cenário atual dos negócios.
Com certeza, o desafio vale a pena. Então, vamos em frente.  Sempre!

(*) Elaine Alcântara é diretora geral da ITMS do Brasil e possui mais de 20 anos de experiência na área de gestão da saúde por meio da telemedicina

Compartilhar

Postagens Relacionadas

O novo papel do profissional de Recursos Humanos nas empresas
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial