quinta-feira, 28 de junho de 2018

ENGIE valoriza mão de obra local e destina maior parte de vagas para mineiros


A ENGIE, maior geradora privada de energia do Brasil e empresa responsável pelas usinas hidrelétricas Miranda e Jaguara, finalizou recentemente a formação de suas equipes para atuação nas duas usinas. Além de aproveitar alguns funcionários da CEMIG, a Companhia gerou 27 novos empregos, sendo que 20 contratados são oriundos de Minas Gerais e 14 provenientes de cidades próximas às usinas.
O processo seletivo atraiu 14.345 inscritos para concorrer às 27 vagas. A colocação com maior procura foi de analista de meio ambiente, na Usina Hidrelétrica Miranda, com 2.703 candidaturas. A participação geral das mulheres na seleção foi de aproximadamente 20%.“Valorizar a mão de obra local é uma das formas de demonstrar a responsabilidade social da ENGIE para com as regiões e comunidades que estão no entorno de suas usinas. Além de termos colaboradores que já estão adaptados às localidades, encontramos mão de obra qualificada para as demandas que Jaguara e Miranda terão a partir de agora”, ressalta o gerente da Regional Minas Gerais da ENGIE Brasil, Rogério Suematsu.
Os novos colaboradores estão atuando nas cidades de Sacramento e Uberlândia nos cargos: Assistente de Recursos Humanos, Operador de Usina, Técnico de Manutenção Civil, Técnico Manutenção Elétrica, Técnico em Manutenção Mecânica, Técnico Manutenção Programação, Assistente de Materiais, Assistente de Suprimentos, Técnico em Segurança do Trabalho, Assistente Financeiro e Analista de Meio ambiente.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

ENGIE valoriza mão de obra local e destina maior parte de vagas para mineiros
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial