sábado, 5 de maio de 2018

Você tem um plano de marketing pessoal?


Na construção de uma imagem positiva, profissionalmente falando, é preciso ter planejamento. Primeiro de tudo, deve-se entender sobre seu próprio conteúdo. Sua história, seus conhecimentos, sua missão, suas habilidades, seus diferenciais e seus valores. Aquilo que você é deve ser comercializado. Para comercializar algo é preciso saber que estamos ofertando um produto, por mais que estejamos falando de pessoas. Todo produto é desenvolvido com base nas necessidades existentes. Contudo, os profissionais – ou pessoas –, são únicos, cada um tem formação, história de vida, objetivos já alcançados e planejamento para alcançar novos. Neste momento não podemos focar no que o mercado corporativo precisa, mas no que temos de diferencial para ofertar.
            A marca, o conteúdo e a embalagem deste produto, ou seja, como este produto está se apresentando, deve estar aderente àquilo que você é, àquilo que você entrega. O profissional precisa se vender. A reputação de um profissional diz muito sobre sua aceitação no mercado de trabalho. Nossa imagem é baseada naquilo que construímos durante nossa trajetória profissional.
            Portanto, temos de lembrar a todo momento que toda ação tem uma consequência. A imagem de um profissional está em constante avaliação. O que nos leva a ter, ou não, uma boa reputação e uma boa imagem é a nossa habilidade de potencializar os pontos positivos e afastar imperfeições que possam afetar nossa credibilidade. Podemos dizer que o marketing pessoal é uma ferramenta para o sucesso e quem a domina por completo destaca-se na multidão.
            Existem diversas situações que formam sua imagem pessoal. Leva-las em conta é a base para que você consiga inspirar confiança em si mesmo e nos outros.
            Não apenas falando de vestuário, manter uma imagem apresentável é fundamental. Isso vale para o que você quer transmitir de conteúdo ao outro. Importante lembrar que estamos falando da maneira com que devemos nos apresentar e nos mostrar para causar uma boa primeira impressão dentro do que é a nossa personalidade, colhendo excelentes resultados tanto na vida pessoal quanto na profissional.
            Não existe regra. O mais importante é entender que a atualização constante, a reciclagem e o entendimento dos objetivos farão com que o profissional tenha uma imagem valorizada. Independentemente de mudanças de área de atuação ou de cargo, posição hierárquica, ou de empregador. Somos definidos por aquilo que já fazemos, estamos fazendo e/ou vamos fazer. Portanto, é necessário que o profissional mantenha sua rede de contatos ativa para que novos contatos ocorram de maneira assertiva. Seja confiante e otimista; saiba se relacionar com pessoas; tenha iniciativas, responsabilidade e maturidade; reúna empatia, ética, integridade, paciência. A imagem está em constante construção, seja ela no contato direto com as pessoas ou nas redes sociais. Não pense que o que você transmite na internet também não influencia no seu marketing pessoal. Vender o que pode ser comprado é a melhor forma de ter uma imagem aceitável.
            Outro detalhe também a ser evidenciado: faz-se necessário sermos leais a nós mesmos. Dizer sim a tudo apenas para transmitir algo que não somos não é nada favorável. Temos certas habilidades e outras a serem desenvolvidas, mas também haverá algumas em que não teremos êxito, mesmo após estudo e prática.
O mercado de trabalho nunca exigiu tanto das capacidades das pessoas. O modo como nos expomos no ambiente físico e virtual representa um grande desafio em meio a um cenário de larga competitividade e significativas transformações.
            Como você pôde verificar, criar um plano de marketing pessoal é um ótimo meio de ajudá-lo a definir seus objetivos e a posicionar-se como um profissional. Assim, você será capaz de maximizar o poder da sua marca pessoal e construir a sua rede profissional. Ao focar em seus próprios objetivos, você conquistará vantagem sobre seus possíveis concorrentes e irá se destacar. Torne-se uma referência!

*João Vitor Gasparetto é Master Coach certificado pelo Center for Advanced Coaching e Gerente de Transição de Carreira da Thomas Case & Associados, consultoria com mais de 40 anos de atuação na gestão de carreiras e RH.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Você tem um plano de marketing pessoal?
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial