quinta-feira, 3 de maio de 2018

Número de imóveis vendidos no primeiro trimestre desse ano supera o de 2017

A pesquisa de análise de mercado imobiliário do primeiro trimestre de 2018 encomendada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP), junto a Brain Bureau de Inteligência Corporativa (Brain) foi divulgada na tarde desta quarta-feira (2), na sede da Fiemg Regional Vale do Paranaíba, em Uberlândia.
1º Trimestre de 2018 apresentou quatro novos lançamentos nos padrões  Econômico Standard e estes  somaram uma oferta de 144 unidades e um VGV lançado de R$ 25 milhões. Também foram incluídos nesta análise, outros dois empreendimentos lançados no 4º trimestre de 2017, e que não haviam sido mapeados anteriormente, somando 620 unidades do padrão Econômico.
Do mesmo modo, o primeiro trimestre de 2018 apresenta um crescimento significativo no número de unidades vendidas em função de um envio direto da regional de informações de estoque por parte de um incorporador com forte atuação.
A maior parte das unidades vendidas em Uberlândia é do padrão  Econômico (93%), respeitando o padrão de imóveis mais predominantes na cidade. Na avaliação do VGV Vendido, a soma do trimestre chega a cerca de R$ 177 milhões.
De acordo com Fábio Tadeu Araújo, sócio da BRAIN, empresa de pesquisa e estudos de mercado disse que houve um aumento quase 200% nas vendas de imóveis novos no primeiro trimestre desse ano. “Os lançamentos aconteceram a partir de março do ano passado. As dificuldades para a liberação de novos créditos para compra de aptos Minha Casa Minha Vida foram solucionados o que possibilitou que os contratos fossem assinados no primeiro trimestre de 2018, por isso as vendas cresceram”.
Os empreendimentos lançados em 2017 superaram os anos anteriores em volume de oferta disponível, as unidades representam47% do total de oferta disponível à venda. Neste sentido, verifica-se um bom perfil do estoque, o mercado possui 11% de sua oferta ainda na planta e apenas 8% da oferta em unidades prontas.
O bairro com maior número de empreendimentos é o Santa Mônica, com 16 edificações, mas o bairro com maior número de oferta final em unidades é o Jardim Holanda; são seis empreendimentos e 863 unidades a venda.
Avaliando a cidade por clusters é possível perceber que a maior oferta está concentrada na região SUL, com 39 empreendimentos e 2.055 unidades disponíveis à venda. No entanto, a região com menor preço por m² é Oeste, com uma média de R$ 2.980.
A pesquisa chama a atenção para o mercado comercial que permanece sem lançamentos de empreendimentos comerciais; a oferta final de unidades com as construtoras é de apenas cinco unidades, no mês de fevereiro, com uma disponibilidade de 3,8%.
As unidades disponíveis à venda tem preço médio em torno de R$ 668.350, e 110m² privativos.
OFERTA
Na avaliação do mês de março de 2018, o mercado de Uberlândia fechou sua oferta total lançada com 16.990 unidades para o mercado residencial vertical 117 para o mercado comercial
A oferta final do mercado residencial vertical de Uberlândia é de 5.265  unidades, representando uma disponibilidade sobre a oferta lançada de 31,0%, e uma redução de -0,03%. A oferta está dividida principalmente entre os padrões Econômico, até R$ 190.000 (82%) e Standard de R$ 190.001 a 400.000 (12%), não possuindo nenhum empreendimento em oferta no padrão Super Luxo, de ticket acima de R$ 2 milhões.
A maior disponibilidade sobre a oferta encontra-se no padrão Luxo de R$ 1.000.001 a 2.000.000, onde 48% dos imóveis lançados ainda estão disponíveis à venda, indicando maior lentidão para absorção da tipologia.
O presidente do Sinduscon-TAP, Pedro Spina, salienta que a pesquisa é um norteador para as tomadas de decisões. “Um dos desafios é criar e lançar apartamentos competitivos para a classe média /alta, porque como mostrou a pesquisa o público do MCMV está bem atendido e os até R$ 300 mil também. É para isso que a pesquisa serve, para nos mostrar como está o mercado, qual a demanda. A pesquisa baliza melhor nossos lançamentos imobiliários”, disse.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Número de imóveis vendidos no primeiro trimestre desse ano supera o de 2017
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial