quarta-feira, 21 de março de 2018

ENGIE aproveita Dia Mundial da Água para alertar sobre uso racional dos reservatórios


Na semana em que comemoramos o Dia Mundial da Água (22 de março), a ENGIE, maior produtora privada de energia do país e responsável por uma área de 1.016 km2 de reservatórios nas 11 usinas hidrelétricas que opera, como as de Jaguara e Miranda, em Minas Gerais, aproveita para reforçar o uso consciente dos lagos, tanto para fins de lazer, quanto para abastecimento. 
            Localizada em Sacramento, a usina Jaguara tem capacidade de 424 KW e 33 quilômetros quadrados. Já a usina Miranda está situada em Indianápolis, com mais de 50 quilômetros quadrados e capacidade de 408MW.
            Famílias aproveitam a beleza e a tranquilidade dos reservatórios para fazerem atividades náuticas, esportes com prancha ou simplesmente para nadar. Entretanto, a falta de consciência ambiental dos visitantes dificulta a preservação de uma represa utilizada para fins de geração de energia. Muitos descartam resíduos, como plástico, latas de alumínio e outros materiais não biodegradáveis, diretamente na água ou nas margens,
            Em contrapartida, a ENGIE mantém o seu compromisso com o abastecimento racional e responsável, sempre participando de políticas de sustentabilidade. Um dos destaques é o Programa de Preservação de Nascentes, que envolve mais de 1,5 mil famílias na proteção de 1,8 mil mananciais de Norte a Sul do País. O projeto foi um dos premiados na edição 2017 do Prêmio ANA, da Agência Nacional de Águas. A Companhia também participa de comitês de bacias hidrográficas, produz e distribui mudas em hortos florestais e reproduz alevinos de espécies nativas para o repovoamento de peixes nos rios.
Em novembro, o projeto Conservação de espécies endêmicas de ictiofauna no rio Iguaçu, realizado em parceria com a Universidade do Oeste do Paraná (Unioeste), foi premiado pela Câmara Americana de Comércio do Rio de Janeiro (AmCham Rio). 
Desde 2005, a ENGIE Brasil Energia faz parte do Índice de Sustentabilidade Empresarial, ferramenta criada pela B3 para análise comparativa anual do desempenho das empresas listadas na Bolsa de Valores sob o aspecto da sustentabilidade corporativa. Em janeiro, foi incluída no ranking Global 100 da Corporate Knights, publicação especializada em negócios, como uma das cem empresas globais mais sustentáveis do mundo, ocupando a 52ª posição entre quase 6 mil companhias de capital aberto.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

ENGIE aproveita Dia Mundial da Água para alertar sobre uso racional dos reservatórios
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial