domingo, 4 de fevereiro de 2018

Três dicas básicas para comprar produtos da lista escolar sem neuras


Profissional explica como se organizar para não extrapolar nos gastos 

A tarefa primordial para os pais no início do ano é listar os melhores locais de compra para a volta às aulas das crianças. Pesquisar preços, fazer uma maratona em lojas para encontrar os produtos listados com valores mais acessíveis e as facilidades de pagamento oferecidas pelos estabelecimentos fazem a diferença na hora de colocar os gastos no papel no fim do mês. E a lista é grande: cadernos, lápis de cor, borracha, canetinhas, mochila e lancheira... Nessa hora, organização e controle são as palavras-chave para não exagerar e acabar dobrando a lista de material escolar dos filhos.
O período é um dos mais importantes no comércio e as lojas e papelarias preparam opções e ofertas para atender a esta demanda. “Este é um dos melhores momentos para venda no início do ano. Para aproveitar a oportunidade adotamos estratégias para atrair o consumidor, como ampla variedade de produtos, preços competitivos e também facilidades no pagamento. A previsão é crescer 40% em vendas no período de volta às aulas”, comenta o gerente de produtos da Havan, Aldemir de Souza.
Para facilitar e ajudar a fazer escolhas mais conscientes, o gerente de produtos da Havan listou algumas dicas que vão fazer a diferença no valor final das compras escolares. Avaliar os produtos solicitados pela escola, conversar com os filhos sobre o motivo de economizar, saber lidar com o impulso das crianças e a pesquisa de preço são fundamentais.
Qualidade é garantia – Levantar os preços mais em conta é a principal dica de economia, mas é importante estar atento à qualidade dos produtos listados e o motivo da diferença nos valores. Segundo Aldemir, é possível investir em itens de qualidade para o ano letivo sem gastar muito.
Leve seu filho para ajudar nas decisões – Muitos pais ainda deixam as crianças em casa quando chega o dia de comprar o material escolar. Veja esta ocasião como uma forma de ensinar ao filho a importância da economia. “Levantamentos internos da Havan para esta seção mostram que há preferência nos produtos de personagens. Isto é fato, mas os pais podem aproveitar para negociar a escolha com os filhos e estimular as decisões, mostrar o mesmo item que está com um preço inferior”.
Opções de pagamento – Procure lojas onde é possível parcelar suas compras ou que facilitem o pagamento. Como a lista de materiais escolares é grande, ter um auxílio ao pagar a conta é um alívio. No setor de volta às aulas da Havan, as compras podem ser parceladas em até 10 vezes sem entrada e sem juros. “Avaliar os benefícios dos cartões exclusivos das lojas pode tornar o pagamento mais flexível. Uma das vantagens do cartão Havan, por exemplo, é ter 40 dias após a compra para começar a pagar”, avalia Aldemir.
            A Havan oferece vários produtos na seção de volta às aulas com preços em conta e bem competitivos comparados ao mercado. Ainda aposta na linha de cadernos exclusiva com estampas de personagens da marca, entre eles a Liberdade, mascote da empresa, a partir de R$ 2,99 Todas as opções de lápis e canetas e demais acessórios escolares podem ser conferidas nas lojas físicas e também na loja virtual, no endereço www.havan.com.br/escolar.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Três dicas básicas para comprar produtos da lista escolar sem neuras
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial