quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Consumo excessivo de bebidas energéticas pode ser um risco à saúde


Cardiologista do Madrecor Hospital de Uberlândia-MG chama atenção para que, no Carnaval, as pessoas possam ficar atentas às doses ingeridas e às contraindicações do produto. 

O Carnaval começa na próxima sexta-feira (09/02), em grande parte do país, e muitas pessoas, para aproveitarem ao máximo os dias de folia, lançam mão das bebidas energéticas que estimulam o metabolismo e fornecem energia, diminuindo sintomas como o sono e o cansaço. Contudo, o cardiologista do Madrecor Hospital, de Uberlândia-MG, Dr. João Lucas O´Connel, faz um alerta: “o consumo exagerado da bebida pode ser perigoso”.
Segundo explica o especialista, os energéticos são constituídos por taurina, cafeína e açúcar. “A cafeína é um estimulante que age no sistema nervoso central, inibindo o sono e, consequentemente deixando o indivíduo em estado de alerta. Já a taurina, é um aminoácido sintetizado, principalmente, no fígado e cérebro, que ajuda na regulação dos níveis de água e sais minerais do sangue, além de atenuar a fadiga muscular”, explica.
O cardiologista informa que estudos ecocardiográficos demonstraram um aumento na força de contração do músculo cardíaco uma hora após a ingestão de bebida energética contendo taurina e cafeína em sua composição. “Esse é um fato preocupante em relação ao desencadeamento de arritmias, além de aumentar o risco de acidente vascular cerebral na pessoa que tem propensão à doença”, destaca o médico.
João Lucas O´Connel sugere que as pessoas saudáveis devem ingerir com moderação essas bebidas e os adultos, que já têm histórico de doenças cardíacas, crianças, idosos e gestantes devem evitar consumi-las.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Consumo excessivo de bebidas energéticas pode ser um risco à saúde
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial