terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Jovem Aprendiz é pontapé inicial para ingresso no mercado de trabalho

 Empresas que participam do projeto Aprendiz, além de estarem contribuindo para jovens mais preparados, têm diversas vantagens fiscais
Fundação CDL abre mais uma turma. Curso começa no dia 05 de Janeiro 

Cada dia está mais difícil ingressar no mercado de trabalho sem ter experiência profissional de referência. Os jovens têm buscado espaço no mercado cada vez mais novos, a fim de adquirirem conhecimento e vivência em ambientes profissionais. Para tanto, existem programas que auxiliam o ingresso na vida profissional, entre eles, o de jovem aprendiz.
A Fundação Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia desenvolve esse projeto há cerca de 09 anos, auxiliando centenas de jovens no primeiro contato com o mercado de trabalho. O objetivo é oferecer oportunidade de ingresso na vida profissional e capacitação para adolescentes, além de apoiar o empresário no cumprimento da Lei do Aprendiz.
Em parceria com diversas empresas da cidade, a Fundação CDL seleciona cerca de 30 alunos, em que realizarão o programa de um ano e quatro meses, onde o jovem trabalha na empresa de segunda a quinta-feira e todas as sextas-feiras participam de aulas teóricas na instituição. Para participar do projeto, os jovens devem estar cursando o Ensino Médio e ter idade entre 15 e 18 anos.
No curso, os jovens aprendem sobre qualificação administrativa, que visa desenvolver competências técnicas e comportamentais. Além disso, aprendem quanto a rotinas administrativas, contabilidade, departamento pessoal e financeiro, além de atendimento ao cliente, postura profissional, etiqueta e, até, oratória.
"Além de possibilitar a inserção no mercado de trabalho para esses jovens, a empresa está ajudando a formar profissionais mais promissores para a nova geração. Quanto mais cedo eles tiverem contato com o mundo profissional, mais serão capacitados a atender as exigências do mercado", salienta a gerente executiva da Fundação CDL Uberlândia, Bânia Vieira Poli.
A gerente ainda destaca que além de contribuir para uma sociedade com opiniões mais sistêmicas, o Jovem Aprendiz é Lei, e algumas empresas devem cumprir com a determinação. O programa de Aprendizagem Administrativa da Fundação CDL atende ao disposto no Decreto Lei nº 5.598 de 2005, na Lei de nº 10.097 de 19 de Dezembro de 2000, que dispõem sobre a contratação de Jovem Aprendiz. A Lei determina que empresas de médio e grande porte tenham uma porcentagem equivalente a 5% e 15% de jovens aprendizes em trabalho.
Os empresários que contratam Jovens Aprendizes, além de estarem cumprindo com sua responsabilidade social, têm a oportunidade de retenção de talentos ao desenvolver competências nos jovens.

Interessados

Os jovens que têm interesse em se inscrever no programa Jovem Aprendiz, devem cadastrar o seu currículo pelo site da CDL Uberlândia www.cdludi.org.br.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Jovem Aprendiz é pontapé inicial para ingresso no mercado de trabalho
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial