segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Intercâmbio para crianças e adolescentes é programa ideal para férias

Para crianças e adolescentes estudar durante as férias escolares parece algum tipo de tortura, mas a verdade é que a maioria adoraria aproveitar o recesso das aulas para fazer um intercâmbio cultural em outro país. Viver uma experiência no exterior traz grandes benefícios, além do aprendizado do idioma, a vivência em um novo país proporciona grande enriquecimento cultural e pessoal para o aluno. Contudo, será que existe uma idade mínima para fazer intercâmbio? Existem escolas que oferecem programas específicos para crianças a partir de oito anos, como os conhecidos Summer/Winter Camps, acampamentos de inverno ou verão.
Esse tipo de programa tem sido cada vez mais procurado. Os pais estão apostando nestes formatos, pois é uma excelente forma para os filhos conhecerem uma nova cultura e viverem uma experiência no exterior ainda na adolescência. Mesmo com pouca idade, um acampamento de verão ou inverno é muito bem aproveitado pelas crianças e adolescentes. Essa experiência vai auxiliar no amadurecimento pessoal e profissional e, com certeza, trará lembranças especiais para toda a vida.
O intercâmbio de férias pode ser de uma a oito semanas, dependendo da instituição e da época do ano. A escola organiza toda a programação. Além das aulas de inglês, as crianças e adolescentes tem atividades à tarde, festas, passeios, pequenas excursões, entre outras atividades. Ou seja, uma experiência completa.
Para 2018 preparamos na Global Study um pacote de viagem para os jovens estudantes conhecerem a Califórnia. O momento de fechar é agora, e a viagem acontece durante as férias de julho. Além de visitar os cenários de filmes mais famosos do mundo localizados em Los Angeles, e conhecer de perto a Disneyland e Universal Studios os estudantes vão fazer um tour na universidade UCLA, Stanford e também uma visita pelo vale do silício.
Existem dois tipos de acomodação disponível: casa de família e residência estudantil. Na casa de família, as crianças são recebidas por moradores locais, e após o período de aulas e atividades voltam para casa “dos pais adotivos” e para o convívio com a cultura do país. Já na residência estudantil, as crianças ficam juntas em instalações controladas pelo colégio, sempre supervisionadas por monitores treinados.
Além do pacote citado acima e feito especialmente para s férias de julho de 2018, existem outros destinos onde os preços variam conforme a escolha de local, preferência de escola e a duração do intercâmbio. Os pacotes são sempre completos, incluindo curso, refeições, acomodação e atividades. Os países mais procurados são Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Espanha.
Outro diferencial dessa modalidade é a sua realização em grupo. Ao unir jovens da mesma faixa etária e de diferentes regiões do país, o aprendizado é potencializado, pois os alunos se sentem mais seguros e, rapidamente, deixam a timidez de lado para criar novos laços de amizade. Além disso, vale lembrar que as aulas são ministradas na parte da manhã, ou seja, no restante do tempo, o estudante poderá participar de passeios e pequenas excursões e explorar pontos turísticos e históricos do país de destino.
Para os mais preocupados, há ainda a possibilidade do intercâmbio em família. Durante o período de férias, as crianças passam o dia nas aulas e atividades, enquanto os pais podem fazer cursos de idiomas. À noite, pais e filhos podem dividir a mesma acomodação. Ainda há a vantagem de poder passear durante os finais de semana. Uma excelente opção para as férias.


Compartilhar

Postagens Relacionadas

Intercâmbio para crianças e adolescentes é programa ideal para férias
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial